32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Cop28 - 01/12/2023, 08:53 - Da Redação- Atualizado em 01/12/2023, 09:10

Lula diz que alguns membros da ONU "lucram com guerra"

O presidente fez um apelo pedindo a redução global do uso de combustíveis fósseis

Lula na sessão de abertura da Presidência da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP28)
Lula na sessão de abertura da Presidência da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP28) |  Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo durante seu discurso na COP28 em Dubai, nesta sexta-feira (1º), pedindo a redução global do uso de combustíveis fósseis. Ele também criticou países que "lucram com a guerra" enquanto os impactos da mudança climática afetam principalmente os mais pobres.

O presidente criticou acordos climáticos não cumpridos, metas de redução de emissões negligenciadas e a falta de auxílio financeiro aos países mais pobres. Ele questionou o comprometimento real dos líderes mundiais em salvar o planeta.

“Somente no ano passado, o mundo gastou mais de US$ 2 trilhões e 224 milhões de dólares em armas. Quantia que poderia ser investida no combate à fome e no enfrentamento da mudança climática. Quantas toneladas de carbono são emitidas pelos mísseis que cruzam o céu e desabam sobre civis inocentes, sobretudo crianças e mulheres famintas?”, disse Lula.

Em relação à ONU (Organização das Nações Unidas), Lula criticou a incapacidade da Organização de manter a paz.

“É inexplicável que a ONU, apesar de seus esforços, se mostre incapaz de manter a paz, simplesmente porque alguns dos seus membros lucram com a guerra”, afirmou.

Ele ainda reiterou a promessa brasileira de alcançar o desmatamento zero na Amazônia até 2030. “Reduzimos drasticamente o desmatamento na Amazônia e vamos zerá-lo até 2030.”

exclamção leia também