29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Hip-Hop - 21/11/2023, 08:55 - Da Redação

Lula assina Decreto de Valorização e Fomento à Cultura Hip-Hop

O Decreto e o Projeto de Lei (PL) prevê a criação do Dia Nacional do Hip-Hop em 11 de agosto

Com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, as medidas foram construídas em parceria entre o Ministério da Cultura (MinC), a sociedade civil e a Construção Nacional da Cultura Hip-Hop
Com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, as medidas foram construídas em parceria entre o Ministério da Cultura (MinC), a sociedade civil e a Construção Nacional da Cultura Hip-Hop |  Foto: Foto: Filipe Araújo/MinC

Para celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra nesta segunda-feira (20), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assinou o Decreto de Valorização e Fomento à Cultura Hip-Hop e o Projeto de Lei (PL) que prevê a criação o Dia Nacional do Hip-Hop, em 11 de agosto.

Com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, as medidas foram construídas em parceria entre o Ministério da Cultura (MinC), a sociedade civil e a Construção Nacional da Cultura Hip-Hop.

“Todos os atos assinados hoje, no Dia da Consciência Negra, são como plantar uma árvore. Para ela crescer, precisa ser regada, assim como as políticas públicas. É um pagamento histórico por anos de escravização”, disse o presidente Lula.

A ministra Margareth é presença confirmada na próxima quinta-feira (23), no ato que irá inaugurar o Valongo. A área foi reconhecida como Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em março de 2017 - por lá, passaram mais de um milhão de pessoas em situação de escravidão ao longo de 40 anos.

“Esse é um dia histórico para nós, para a população negra desse país, para a cultura, e também, o dia de grande coroação das ações que temos construído no MinC ao longo deste ano para que a Cultura Hip-Hop seja reconhecida e valorizada como deve ser”, celebrou Margareth Menezes.

exclamção leia também