30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Deu ruim pra Marinho - 01/06/2023, 20:29 - Da Redação - Atualizado em 01/06/2023, 21:01

Justiça condena senador bolsonarista e exige saída do cargo

Ex-ministro de Bolsonaro (PL) teria feito um esquema de contratação de funcionários fantasmas

Parceiro de Bolsonaro se lasca e pode rodar
Parceiro de Bolsonaro se lasca e pode rodar |  Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Parceiro e ex-ministro do governo Jair Bolsonaro (PL), o senador Rogério Marinho (PL) foi condenado pela Justiça do Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (1º), à perda do mandato por participar de um suposto esquema de contratação de funcionários ‘gasparzinhos’ na Câmara Municipal de Natal entre 2004 e 2007.

A sentença determina que Marinho e o vereador Bispo Francisco de Assis larguem de imediato qualquer função pública que possam estar ocupando, além de cravar a perda dos direitos políticos do senador por oito aninhos. A pena do edil é de dez anos. Ainda cabe recurso.

Leia mais

Senador posta foto de sunguinha e compara ‘arma’ com Dino

Marinho teria apadrinhado, quando era vereador da capital potiguar, a contratação de uma médica que nunca trabalhou na Câmara, mas aparecia na folha salarial da Casa. Já o Bispo é acusado de contratar três funcionários no mesmo esquema fantasma.

Em nota, Marinho afirmou que "respeita, mas não concorda com as conclusões da Justiça de que seria ato de improbidade a contratação de médica para atender a população carente gratuitamente, por esse atendimento não ser prestado nas dependências da Câmara Municipal de Natal".

exclamção leia também