29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Disparou - 26/10/2022, 06:00 - Louise Batista

Jerônimo lidera com quase 1 milhão de votos à frente de Neto

Nova pesquisa AtlasIntel, contratada pelo grupo A TARDE, traz o petista com 54,5% dos votos válidos, contra 45,5% do ex-prefeito de Salvador

Considerados os votos totais, Jerônimo obteve 53,2%, Neto 44,4%, enquanto votos brancos e nulos somaram 1,2%. Eleitores que não souberam responder representam 1,3%.
Considerados os votos totais, Jerônimo obteve 53,2%, Neto 44,4%, enquanto votos brancos e nulos somaram 1,2%. Eleitores que não souberam responder representam 1,3%. |  Foto: Foto: Divulgação/PT Bahia

Por Dante Nascimento

Mantido o atual cenário nesta reta final de campanha, o candidato do PT, Jerônimo Rodrigues, deve ser eleito governador da Bahia no domingo (30), com uma larga diferença de votos para ACM Neto (União Brasil), podendo chegar a 1 milhão. A nova pesquisa AtlasIntel, contratada pelo grupo A TARDE, traz o petista com 54,5% dos votos válidos, contra 45,5% do ex-prefeito de Salvador. Considerados os votos totais, Jerônimo obteve 53,2%, Neto 44,4%, enquanto votos brancos e nulos somaram 1,2%. Eleitores que não souberam responder representam 1,3%.

A margem que pode dar uma vitória esmagadora a Jerônimo, como projetado pelos últimos levantamentos, é maior do que a população de qualquer município baiano, fora a capital. O número supera Feira de Santana (620 mil) e Vitória da Conquista (340 mil). Nem somando os moradores de Camaçari (300 mil) e Lauro de Freitas (200 mil), na Região Metropolitana de Salvador, e Juazeiro (220 mil), na região Norte, seria possível superar a marca. Com essa quantidade de eleitores seria possível, ainda, encher 16 estádios como a Fonte Nova.

É a terceira sondagem seguida do instituto com números praticamente iguais, dentro da mesma distância, inclusive, em que os dois candidatos terminaram o primeiro turno, de quase 10 pontos percentuais. A estabilidade na corrida eleitoral ao Palácio de Ondina é apontada pelo CEO da AtlasIntel, Andrei Roman, como reflexo da verticalização do voto na eleição presidencial.

“Existe uma nítida polarização das preferências entre esses dois campos ideológicos. O campo da direita apoia o ACM Neto e o campo da esquerda apoia o Jerônimo. No final das contas, a eleição para governador acaba de alguma maneira replicando essa polarização nacional, e é justamente este o desafio significativo para ACM”, explica.

A pesquisa revela uma erosão na base eleitoral de Neto em relação ao primeiro turno. Cerca de 9% dos que votaram nele migraram para Jerônimo. Apesar de conseguir conservar 91% dos votos que teve e obter quase a totalidade dos eleitores de João Roma (99,2% dos votos válidos), o ex-prefeito de Salvador não se mostra capaz de ameaçar a densa fortaleza eleitoral petista.

“Essa erosão acontece por conta do voto cruzado Lula / ACM Neto no primeiro turno, que tende a diminuir neste segundo turno, não muito. E esse pouco faz diferença entre os 50% dos votos que Jerônimo teve no primeiro turno, somando mais aquele percentual do Kleber Rosa, cuja maioria dos eleitores migra para Jerônimo”, destaca.

O executivo da AtlasIntel acredita que dificilmente o quadro eleitoral pode ser alterado nesta fase final de segundo turno, onde o petista aparece como amplo favorito para sair vitorioso das urnas.

“Não está nada claro se algum dos dois candidatos pode melhorar ou piorar. As chances dos dois melhorarem ou piorarem são equilibradas e por conta disso não dá pra dizer que neste momento existe uma tendência nítida de subida ou queda de qualquer um dos dois candidatos. Me parece um quadro de estabilidade”, acrescenta.

A pesquisa foi realizada com 2 mil pessoas, entre os dias 21 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Rui Costa bem avaliado

Rui Costa manteve alto percentual de aprovação. De acordo com o levantamento da AtlasIntel, 55,9% das pessoas aprovam o desempenho do governador, enquanto 31,5% reprovam e 12,6% não sabem responder.

O público também foi questionado sobre como avalia o Governo da Bahia. Para 45,6%, a gestão estadual é ótima/boa. Já 24,5% a consideram regular. Ruim e péssimo foram opção para 24,1% dos eleitores e 5,9% não responderam.

O governador Rui Costa também foi a liderança política com a imagem mais bem avaliada entre 11 personalidades listadas na sondagem. Ele tem uma imagem positiva para 56%, e é seguido pelos candidatos ACM Neto (54%) e Jerônimo Rodrigues (51%), e pelos senadores Otto Alencar (51%), do PSD, e Jaques Wagner (47%), do PT.

exclamção leia também