27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Novos investimentos! - 05/03/2024, 17:15 - Cássio Moreira e Vinicius Portugal- Atualizado em 05/03/2024, 20:19

Jero exalta impacto econômico da BYD em Camaçari: "10 mil empregos"

Chegada da fábrica chinesa irá trazer grandes benefícios para a Região Metropolitana de Salvador

Governador esteve presente na abertura de obras da montadora
Governador esteve presente na abertura de obras da montadora |  Foto: Denisse Salazar/AG. A TARDE

A saída da Ford do Polo Petroquímico de Camaçari, em 2021, deixou grandes lacunas no impacto econômico da Região Metropolitana de Salvador (RMS), porém isso pode está prestes a mudar. Tudo por conta da chegada da fábrica de carros sustentáveis chinesa BYD.

“Se a população de Camaçari, do Brasil e da Bahia reivindica oportunidade de emprego, está aqui um exemplo tranquilo de poder se gerar emprego. Estão falando de 5, 6, 7, 10 mil empregos e ao mesmo tempo o emprego gerando um produto que é um automóvel elétrico que descarboniza o meio ambiente, que ajuda o planeta a se livrar de futuros comprometimentos mais sérios”, revelou o governador Jerônimo Rodrigues durante o ato de início das obras da fábrica em Camaçari, nesta terça-feira (5).

Jerônimo ressaltou a importância da BYD, para a infraestrutura do município como um todo. “Os carros que serão exportados deste local, levarão a imagem e o nome de Camaçari da Bahia e do Brasil. Muita gente virá a Camaçari para fazer negócios, para conhecer a planta, para entender como funciona aqui, e diante disso, a vinda da BYD para o Polo Petroquímico de Camaçari era a oportunidade que nós estávamos aguardando”.

O governador também destacou que grande parte dos polos industriais do Brasil, ainda utilizam energia poluente, algo que vem tentando ser revertido pelo Governo Federal.

“Nós precisamos reconceituar os polos industriais do Brasil, principalmente aqueles que tinham e têm ainda uma base muito carbonizada. Então nós precisaremos dar um gás.”, disse Jero.

Outro ponto citado por Jerônimo foi que os investimentos da fábrica chinesa, serão revertidos para a população da cidade.

“Nós voltaremos a Camaçari para dar ordem de serviço, para licitar obras aqui, dirigidas ao povo de Camaçari. Também muitas delas em função dos investimentos da BYD. Já está sendo assim com segurança pública, educação para formação de mão de obra, infraestrutura a exemplo de água, esgotamento sanitário, estrutura de saúde, porque a cidade vai ganhar um novo perfil de público, estimulando inclusive através da Secretaria da Fazenda, novos investimentos em pousadas, hotéis, restaurantes, bares", finalizou.

exclamção leia também