25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

educação - 20/12/2023, 16:22 - Flávia Requião- Atualizado em 20/12/2023, 18:01

“Formação e qualificação de professores serão o foco em 2024”

Secretária Estadual de Educação, Adélia Pinheiro conversou sobre os desafios de 2023 e planos para 2024

Adélia Pinheiro, adiantou que em 2024 o governo pretende se voltar ainda mais para a qualidade de ensino
Adélia Pinheiro, adiantou que em 2024 o governo pretende se voltar ainda mais para a qualidade de ensino |  Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Após um ano focado no fortalecimento da infraestrutura escolar da Bahia, a secretária Estadual de Educação (SEC), Adélia Pinheiro, adiantou que em 2024 o governo pretende se voltar ainda mais para a qualidade de ensino, principalmente na formação e na qualificação dos alunos da rede, como detalhou em entrevista exclusiva em visita ao Grupo A TARDE.

“É uma vertente importante. Nós vamos aprofundar todas as ações que se voltam para a formação, qualificação e educação desses jovens. Unindo toda a estrutura do Governo Federal, com o nosso investimento, ampliando o apoio ao estudante e dando maior consequência para as atividades de combate à evasão, abandono e reprovação. Então, a meta é ampliar e dar solidez às ações já em curso de gestão de aprendizagem, de desenvolvimento e apoio na formação para cidadania e protagonismo juvenil”, apontou.

Secretária Adélia Pinheiro em visita ao Grupo A TARDE
Secretária Adélia Pinheiro em visita ao Grupo A TARDE | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Sobre 2023, a secretária resumiu a maior conquista da pasta como um grande desafio. Para ela, “a gestão de aprendizagens, unindo todas as demais dimensões de apoio ao estudante, do professor até a estrutura física em prol da educação”, foi a maior movimentação da pasta.

“O maior desafio e a maior conquista foi orquestrar todo o sistema de estrutura física e capacidade das unidades escolares, com valorização do professor, com apoio ao estudante, com atenção para a saúde psicoemocional do corpo docente e do quadro de alunos, tudo isso tendo como grande união a gestão de aprendizagens", disse.

Em conversa com o A TARDE, Adélia também ressaltou o seu protagonismo na dedicação em serviço à sociedade, seguindo discretamente para o caminho da política. Recentemente, ela confirmou que o seu nome está à disposição para disputar a pré-candidatura à prefeitura de Ilhéus e afirmou estar disposta a colaborar com “o seu município”.

“Eu tenho um compromisso com o município de Ilhéus, entendo que o município tem uma série de oportunidades nesse momento para avançar no cuidado com a sua população, com as políticas públicas municipais, estaduais e federais que se voltem para o município. Estou sim à disposição, mas entendo que o nosso campo político mantém intensos diálogos para [percorrer] exatamente o caminho para fazer política e identificar uma candidatura que seja uma vitoriosa em Ilhéus, é nisso que eu aposto”, defendeu a titular da SEC, acrescentando que não está filiada em nenhum partido, mas que a sigla que norteia a sua atuação política é o PT.

Imagem ilustrativa da imagem “Formação e qualificação de professores serão o foco em 2024”
Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Além da pasta de Educação, a secretária tem passagens na Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), da Saúde e foi reitora por duas gestões consecutivas na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Ensino Superior e foco na redução da evasão

A secretária também concedeu entrevista para o programa "Isso é Bahia", da Rádio A TARDE FM (103.1) na manhã desta quarta-feira, 20. Entre alguns pontos abordados por Adélia, ressaltam-se a expectativa pela ampliação do quadro de alunos da rede estadual e a possibilidade da Bahia receber unidades federais de ensino superior.

Para o ano que vem, Adélia detalhou que o governo espera a entrada de 180 mil novos alunos e planeja focar na redução da evasão escolar com estudantes que acabam desistindo das salas de aula.

“É um fato que precisamos enfrentar e por isso que temos todas as ações que chamamos de busca ativa para manter o estudante na escola. O governo tem um grande quadro de programas de apoio ao estudante, que ressalta a importância deles. Temos o Bolsa Presença, o Mais Estudo, o Educa Mais Bahia, são todos os programas que incluem o estudante, a alimentação escolar e o transporte escolar, é um conjunto que visa dar melhores condições para esses alunos”, declarou.

A líder da pasta também adiantou que o governo do Estado está estudando a possibilidade de ampliação de novas universidades ou unidades de instituições federais em dois locais: a Chapada Diamantina e outra sede na região nordeste da Bahia.

Em sua visita ao Grupo A TARDE, a secretária foi recebida pela Diretora do Núcleo Digital, Caroline Góis, a Gerente Executiva de Projetos Educacionais, Andrea Silveira, e a Coordenadora Pedagógica do programa, Márcia Firmino.

Imagem ilustrativa da imagem “Formação e qualificação de professores serão o foco em 2024”
Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

exclamção leia também