29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Coragem! - 08/08/2023, 23:14 - Larissa Falcão

Ex-vereador preso por estupro se casa dentro de presídio

Gabriel Monteiro está preso desde novembro de 2022, no Rio de Janeiro

Gabriel Monteiro e Carolina Chagas estão juntos desde setembro do ano passado
Gabriel Monteiro e Carolina Chagas estão juntos desde setembro do ano passado |  Foto: Reprodução/Instagram

O ex-vereador bolsonarista, Gabriel Monteiro, se casou com uma moça, mesmo estando cumprindo pena . Gabriel perdeu seu mandato em 2022, quando foi preso acusado por crimes de estupro, assédio e agressão contra membros de sua equipe. Segundo o jornalista Léo Dias, o casal declarou que estão juntos desde setembro do ano passado, em união estável, como se fossem casados civilmente.

A jovem em questão é Carolina Chagas, carioca formada em Gestão Financeira, com MBA em Perícia Contábil. Gabriel e Carolina já namoravam quando o ex-vereador cometeu os crimes. A união do casal foi oficializada em cerimônia realizada dentro da Unidade Prisional Pedrolino Werling de Oliveira, no Rio de Janeiro, onde cumpre pena há 9 meses. Ainda com informações do jornalista, a esposa de Gabriel Monteiro o visita semanalmente.

Em documento que comprova a união de Gabriel Monteiro com Carolina Chagas, revela que o casal está em união estável, porém não juridicamente registrada. "Em companhia um do outro, em união estável, como se fossem casados civilmente, em respeito, amor e dedicação, ajudando se mutuamente com esforço, numa verdadeira comunhão de interesses para a obtenção do bem comum e constituição de um lar, que embora não juridicamente constituído, vem sendo perfeito até a presente data”, diz um trecho.

Prisão de Gabriel Monteiro

O ex-vereador Gabriel Monteiro (PL) foi preso em novembro de 2022, acusado de estuprar uma jovem de 23 anos. De acordo com o Ministério Público, ele teria forçado a jovem a manter relações com ele, após conhecê-la numa boate, em 15 de julho de 2022, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Do local, a jovem foi levada para a casa de um amigo de Monteiro, no Joá, na Zona Sul.

Além desse, Gabriel foi denunciado por outros crimes de estupro e também é acusado por membros da sua equipe, como ex-assessores, por agressão e assédio. Os funcionários relataram que Gabriel muitas vezes aparecia sem roupa, e tinha comportamentos agressivos.

exclamção leia também