23º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

O jogo virou! - 21/11/2022, 18:26 - Cássio Moreira

Em alta: inflação acerta em cheio famílias com maior renda

Números são do Ipea, no Indicador de Inflação por Faixa de Renda

Passagens aéreas puxam a inflação entre os mais ricos
Passagens aéreas puxam a inflação entre os mais ricos |  Foto: Reprodução / TV Globo

O fantasma da inflação volta a assombrar os lares brasileiros e atingui uma variação maior para a classe média alta em outubro, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Os dados são do Indicador de Inflação por Faixa de Renda.

A variação para as família da faixa no período é de 1,14%, enquanto para as famílias de renda muito baixa é de 0,51% A média acumulada do ano também é maior para o grupo que faz parte da classe média alta, com 5,99%. Para quem faz parte da baixa renda, o acumulado do ano é de 4,43%.

No recorte dos últimos 12 meses, a inflação das famílias de renda maior é de 7,95% (maior taxa), e o das famílias mais pobres é 6,17%. O setor de 'transportes' é o principal responsável por puxar os números para a faixa, com impacto maior sob os mais 'ricos'. O aumento das passagens de avião, que chegou a 23,4% é o 'motor' da alta na inflação.

Para os mais pobres, o impacto maior foi causada por um item essencial: 'alimentos e bebidas'. O setor 'saúde e cuidados pessoas', que engloba produtos de higiene e planos de saúde, vem em seguida, mantendo o maior poder de pressão na inflação para o grupo nos últimos 12 meses.

exclamção leia também