28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Acompanhando a acompanhante - 04/04/2024, 09:24 - Da Redação - Atualizado em 04/04/2024, 09:45

Deputado conservador vira assunto depois de seguir atriz pornô em rede

Osmar Terra também retirou foto de Jair Bolsonaro que deixava na porta de seu gabinete em Brasília

Quadro com foto Bolsonaro e a atriz de filmes eróticos Aline Ferrari
Quadro com foto Bolsonaro e a atriz de filmes eróticos Aline Ferrari |  Foto: Reprodução

Ministro da Cidadania no governo Bolsonaro, o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) virou pauta entre aliados na Câmara após seguir a conta de uma atriz de filmes pornô com perfil verificado no X [antigo Twitter]. As informações são da coluna do Paulo Cappeli, no Metrópoles.

Aline Ferrari [nome artístico], que também atua como acompanhante, aparece em fotos sensuais e disponibiliza seu contato para propostas de trabalho. “Atendimento on-line ou presencial”, diz a conta. Ela, inclusive, segue de volta o político conservador.

Durante seu tempo no Governo Federal, Osmar Terra chegou a suspender R$ 1,8 milhão de investimento em filmes com tema LGBTQIAP+, em 2019. Ele chegou a ser alvo de uma representação do Ministério Público Federal (MPF), que considerou ter havido “discriminação contra pessoas LGBT promovida ou referendada por agentes públicos”.

De acordo com o UOL, o parlamentar disse não saber de que se trata a conta da atriz e acompanhante. “Não conheço e nem acesso o perfil mencionado”, disse. A assessoria dele ainda afirma que “o deputado atualmente tem mais de 600 mil seguidores no X. Atualmente foram bloqueados mais de 6 mil perfis duvidosos. Seis ocorreram apenas esta semana. Não tem como ter segurança nas alterações realizadas em determinados perfis”.

Outro fato comentado na Câmara é que, além de seguir o perfil de Aline Ferrari, Osmar também retirou uma foto de Jair Bolsonaro, do tamanho de um quadro, que deixava na porta de seu gabinete em Brasília mesmo após o ex-presidente não se reeleger. Também houve posicionamento dele sobre a remoção da imagem.

“A retirada da foto da porta foi determinação da mesa da Câmara. TODOS os deputados de TODOS os partidos tiraram fotos das portas de seus gabinetes. No caso, a foto do ex-presidente Jair Bolsonaro está dentro do gabinete do deputado Osmar Terra, em posição de destaque.”

exclamção leia também