22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Nada feito - 04/08/2023, 18:33 - Larissa Falcão

Chico e Dudu Bolsonaro não chegam a acordo; juíza decidirá ação

Músico moveu processo judicial contra deputado federal por uso indevido da sua canção

Eduardo Bolsonaro utilizou a canção "Roda Viva", composta por Chico Buarque, em uma postagem sobre ditadura militar
Eduardo Bolsonaro utilizou a canção "Roda Viva", composta por Chico Buarque, em uma postagem sobre ditadura militar |  Foto: Reprodução/Internet

A ação de Chico Buarque contra Eduardo Bolsonaro (PL-SP) por uso indevido da canção "Roda Viva", de autoria do músico carioca, será decidida pela juíza Keyla Blank de Cnop, do 6º Juizado Cível da Comarca da Lagoa, no Rio de Janeiro.

Por conta de não ter sido possível uma conciliação entre as partes, em audiência que aconteceu na última quinta-feira (3), uma próxima audiência acontecerá no dia 23 de agosto, em que será tomada a decisão final. Se a decisão for favorável ao cantor, a juíza vai determinar o valor da indenização. Com informações do portal Metrópoles.

Entenda o caso

Roda Viva foi composta por Chico Buarque e lançada em 1968 no álbum “Chico Buarque de Hollanda - Volume 3”, da gravadora RGE. No ano seguinte, o cantor se exilou na Itália, onde ficou por 14 meses até voltar ao país. Naquele período, o Brasil passava por uma ditadura militar, que tem sua memória apoiada por Eduardo Bolsonaro e seu pai, o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

Na postagem em que "Roda Viva" é tocada, Eduardo insinua que o momento atual é de uma ditadura, com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa presidencial. “O Brasil está sob censura. Numa ditadura a 1º a morrer é a liberdade de expressão/imprensa”.

exclamção leia também