30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Cerco fechando - 12/05/2023, 10:52 - Da Redação

Casa do ex-chefe de presentes da Presidência é alvo da PF

Operação faz parte da investigação sobre as joias recebidas por Bolsonaro

Joias são avaliadas em R$ 16,5 milhões
Joias são avaliadas em R$ 16,5 milhões |  Foto: Reprodução

A Polícia Federal realizou, na manhã desta sexta-feira (12), uma operação de busca e apreensão de documentos na casa do oficial da reserva da Marinha, Marcelo da Silva Vieira, localizada no Rio de Janeiro. Ele era responsável por classificar os presentes recebidos pela Presidência da República durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

De acordo com a PF, o objetivo da corporação é apreender o celular do investigado, que era chefe-de-gabinete Adjunto de Documentação Histórica da Presidência e foi demitido em janeiro.

Ao prestar depoimento, no mês passado, Vieira falou sobre o caso das joias de R$ 16,5 milhões, recebidas como presente do governo da Arábia Saudita, e retidas pela Receita federal no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ele detalhou, ainda, a ligação em que ex-ajudante de ordens, Mauro Cid, pede que ele explique ao então presidente, Jair Bolsonaro, porque não poderia assinar um ofício para liberação dos bens confiscados.

De acordo com o oficial da reserva da Marinha, a ligação do tenente-coronel Mauro Cid foi realizada no dia 27 de dezembro, no fim da última gestão presidencial.

exclamção leia também