28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Clima pesou - 24/11/2022, 21:10 - Cássio Moreira

Cármen Lúcia rebate fala de André Mendonça sobre preconceito religioso

Ministros do STF mostraram discordâncias durante sessão

Ministros do STF tensionam sessão
Ministros do STF tensionam sessão |  Foto: Agência Brasil

O clima pesou entre os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia e André Mendonça, nesta quinta-feira (24), durante sessão que discutia a competência do município de São Paulo para instituir o Dia da Consciência Negra em seu calendário. Os dois discordaram quando o assunto caminhou para o preconceito religioso.

'Terrivelmente evangélico', Mendonça foi rebatido por Cármen Lúcia ao afirmar que todos os brasileiros fazem parte de um só povo, sem diferenças. “Nós somos um só povo. Uma só raça, uma só nação. Somos todos a raça humana, brasileiros, e devemos estar imbuídos desse mesmo propósito de construção de igualdade para todos”, disparou o ministro.

Cármen então rebateu: “Nós mulheres, negros, indígenas, somos parte desse povo que não é um só. A constituição garante a igualdade na forma, mas é uma construção permanente. Quando digo que sofremos discriminação, a gente sofre. Somos sim um povo, com muitas desigualdades”, disse.

Cármen Lúcia ainda interrompeu Mendonça, que então falou sobre o preconceitou sofrido pelos segmentos religiosos, e disse que as religiões de matriz africana estão mais vulneráveis aos ataques do que as evangélicas.

Leia mais

Ministro Barroso afirma que não antecipará aposentadoria do STF

“Principalmente os de matrizes africanas, não são os evangélicos, não são os católicos. No Brasil, o preconceito é contra as religiões de matrizes africanas", afirmou a ministra da Corte.

O julgamento será retomado na próxima semana.

exclamção leia também