26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Sem mentiras, na moral! - 24/10/2022, 21:34 - Da Redação

Carlos Bolsonaro e André Janones serão vigiados de perto pelo TSE

Tribunal Superior Eleitoral investiga compartilhamento de fake news nas campanhas presidenciais

Janones e Carlos Bolsonaro serão acompanhados de perto
Janones e Carlos Bolsonaro serão acompanhados de perto |  Foto: Reprodução

O ministro Benedito Gonçalves, do TSE, solicitou nesta segunda-feira (24) um acompanhamento diário das redes sociais do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e do deputado federal André Janones (Avante-RJ).

Segundo o Portal G1, o monitoramento vai auxiliar as investigações do TSE sobre as ações das campanhas presidenciais de Bolsonaro (PL) Lula (PT) na produção e disseminação de informações falsas.

“No atual estágio processual, prepondera a percepção de que o comportamento de André Janones e de Carlos Bolsonaro nas redes possuem muitos aspectos similares, seja no que diz respeito à legítima atividade de organização da militância, seja, por outro lado, na difusão de conteúdos falsos ou gravemente descontextualizados, na persistência do uso de termos-chave para reativar os efeitos dos conteúdos removidos e na estratégia mobilizar seguidores a compartilhar conteúdos para tornar inócua eventual decisão da Justiça Eleitoral”, ressaltou o ministro Gonçalves.

Gonçalves disse que até o momento os monitoramentos indicam uma maior atuação de desinformação envolvendo a campanha de Bolsonaro.

“Esse espelhamento, é certo, não alcança a totalidade dos fatos descritos, pois a AIJE 0601522-38 [ação que apura suposta rede de desinformação bolsonarista] ostenta maior complexidade, considerando-se o número de perfis que estariam envolvidos no ecossistema de desinformação e os indícios, colhidos da prova documental, de que há uma atuação coordenada para a dispersão de conteúdos falsos prejudiciais ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva", disse o ministro do TSE.

Bloqueio das redes sociais

O ministro do TSE Benedito Gonçalves solicitou que Carlos Bolsonaro e Andre Janones sejam informados que poderão ter suas contas suspensas caso as suas redes pratiquem o compartilhamento de informações falsas, descontextualizadas, fake news.

"Advirta-se os investigados André Janones e Carlos Bolsonaro que, caso se conclua, após análise jurídica de qualquer dos relatórios apresentados pela AEED, que há elementos suficientes para caracterizar a 'produção sistemática de desinformação', será determinada, a suspensão dos perfis, contas e canais mantidos pelo responsável em mídias sociais, até as 23h59 do dia 31/10/2022", diz o magistrado.

O ministro determinou que sejam elaborados cinco relatórios, a partir das análises entre os dias 22 e 29 de outubro.

exclamção leia também