32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Obra cara! - 16/11/2022, 19:28 - Louise Batista

Câmara deve investigar uso de recurso para reparo em viaduto

O comunicado da demolição e o pedido de atenção pelo valor gasto na obra foi dado pelo vereador Silvio Dias (PT)

O equipamento passou por avaliação técnica e será demolido após o registro de três acidentes em apenas quatro meses
O equipamento passou por avaliação técnica e será demolido após o registro de três acidentes em apenas quatro meses |  Foto: Divulgação

Durante um pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), nesta quarta-feira (16), foi anunciado a demolição do viaduto do Complexo Viário Miraldo Gomes, em Feira de Santana. O equipamento passou por avaliação técnica e será demolido após o registro de três acidentes em apenas quatro meses. Além disso, o aporte de R$ 5 milhões que foi utilizado na reconstrução do equipamento também será fiscalizado.

O comunicado da demolição e o pedido de atenção pelo valor gasto na obra foi dado pelo vereador Silvio Dias (PT). “Uma obra como esta, onde se gastou uma imensidão de dinheiro, já não está servindo mais nem do ponto de vista do trânsito, nem do ponto de vista da engenharia. Muito mal-feita a obra”, denunciou. “Esse grupo político faz obras ineficientes, obras ruins. A obra [do Complexo Viário] já está necessitando de reparos”, completou o vereador.

Silvio Dias chamou atenção para a ineficiência de equipamentos como os viadutos nas avenidas Maria Quitéria, João Durval e Getúlio Vargas, as estações de BRT fechadas, as trincheiras em avenidas com fluxo intenso de veículos. “Não há planejamento na cidade. E agora estamos aqui para discutir mais uma verba de suplementação onde o prefeito atual [Colbert Martins Filho] pede recursos para reconstruir o Complexo Viário da Cidade Nova”, lamentou Dias.

Para o edil, a falta de planejamento e compromisso da gestão municipal colocam em risco a segurança da população que trafega pelo local. “A empresa executora do serviço tem culpa, o DNIT tem culpa, por permitir o tráfego de carretas no viaduto com altura maior que o permitido. Mas, temos que nos perguntar que qualidade de obra foi essa? Ela está servindo ao trânsito de nossa cidade? Não”, destacou.

Dias reivindicou a criação de uma Comissão Especial na Casa para “investigar e avaliar o que está sendo feito no Complexo Viário da Cidade Nova”. “Investigar, inclusive, com a comissão técnica, convocar a UEFS para, junto com os vereadores, avaliar e sugerir soluções, chamando engenheiros e outras universidades para entendermos o que realmente está sendo feito naquele local”, concluiu o vereador.

exclamção leia também