31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Vixe! - 22/11/2023, 11:53 - Da Redação

Bolsonaristas culpam general por piripaque de patriota no presídio

Ele estava preso desde o dia 8 de janeiro, quando participou das invasões das sedes dos Três Poderes

Cleriston Pereira da Cunha sofreu um infarto fulminante no Complexo Penitenciário da Papuda
Cleriston Pereira da Cunha sofreu um infarto fulminante no Complexo Penitenciário da Papuda |  Foto: Foto: Reprodução / Facebook

Deputados bolsonaristas culpam o general Gustavo Henrique Dutra pela morte do “patriota” Cleriston Pereira da Cunha, de 46 anos, que sofreu um infarto fulminante no Complexo Penitenciário da Papuda. Ele estava preso desde o dia 8 de janeiro, quando participou das invasões das sedes dos Três Poderes, em Brasília.

Em vídeo divulgado pelo deputado Ricardo Salles, o general Dutra, que era comandante militar do Planalto no dia 8 de janeiro, fala sobre o cerco aos militantes presos após as invasões.

“Isolamos a praça, e aí acontece um fato interessante, porque havia em algumas pessoas um nível de fanatismo, um transe, que, quando nós isolamos a praça, as pessoas acharam que nós estávamos isolando a praça para protegê-los e foram dormir. No dia seguinte, a polícia chegou na hora certa, com todos os meios, prendemos mais de mil pessoas na praça sem nenhum incidente”, conta Dutra, no vídeo gravado durante seu depoimento à CPI dos Atos Antidemocráticos.

Na publicação, Salles xinga o general e o culpa pela morte de Cleriston.

“A culpa da morte do rapaz é também, em parte, desse general de merda! Um grande filho da put*, deslumbrado”, disse Ricardo Salles.

A morte de Cleriston Pereira da Cunha foi divulgada pela coluna Na Mira, do Metrópoles. Ele passou mal durante um banho de sol. Outros detentos tentaram reanimá-lo, mas Cleriston acabou morrendo no local.

exclamção leia também