29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Meio ambiente em risco - 05/05/2023, 07:39 - Da Redação

Augusto Vasconcelos critica desmatamento em Praia do Flamengo

Impactos são causados pelas obras de requalificação da Orla Trecho 2

Augusto Vasconcelos é ouvidor-geral da Câmara Municipal de Salvador
Augusto Vasconcelos é ouvidor-geral da Câmara Municipal de Salvador |  Foto: Divulgação

Em Sessão Ordinária realizada na última quarta-feira (03/04), no Plenário Cosme de Farias, o vereador e ouvidor-geral da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Augusto Vasconcelos (PCdoB), falou sobre um documento técnico enviado pela Associação dos Amigos do Coral de Aleluia (ACA), que denuncia os riscos e impactos sociais que podem ser gerados ao meio ambiente, através das obras de requalificação da Orla Trecho 2 - Praia do Flamengo.

A comunidade, que busca apoio da Casa Legislativa para melhorias no bairro com preservação da vegetação litorânea, já recebeu algumas visitas da Ouvidoria em 2022, que esteve no bairro para acompanhar as demandas dos moradores. Durante a sessão, o parlamentar salientou seu retorno à Praia do Flamengo para uma Audiência específica tratando sobre o assunto com a população e representantes das associações locais.

“O trecho de Stella Maris já passou por uma subtração da mata nativa, da restinga, ali trata-se de um perímetro localizado dentro de uma APA, uma Área de Proteção Ambiental e esse estudo que foi apresentado à Ouvidoria da Câmara, também já está protocolado no Ministério Público. Então faço uma comunicação inadiável para que esta Casa paute o assunto, pois a obra já está em fase de início e há uma preocupação muito grande por parte de moradores e associações do bairro”, afirmou Augusto, ressaltando a reclamação de falta de consulta aos moradores, por parte da Prefeitura.

Além de vegetação de origem da região da Praia do Flamengo, a restinga é, naturalmente, uma ferramenta de absorção do salitre, que diminui a corrosão nas casas da região. Em 2021, moradores da região se articularam para organizar uma recuperação da área da lagoa da Praia do Flamengo, incluindo limpeza do local e replantação de aproximadamente 77 mudas de diversas espécies da restinga, como Eugênia, Cajá Amarelo e Caroba.

“Levando em conta a relevância da região, faz-se necessário um olhar aguçado e atento, com o objetivo de resguardar o patrimônio natural e social e garantir um futuro saudável para as próximas gerações”, citou um trecho do documento recebido pela Ouvidoria, subscrito por especialistas da área ambiental.

Como Ouvidor da Câmara, Augusto formalizou a denúncia feita por parte da Associação dos Amigos do Coral de Aleluia, essa que inclusive já tinha sido feita pela Ações Stella Flamengo e Stella Quatro Praias tratando também do desmatamento da restinga na Praia do Flamengo. O parlamentar informou ainda que a Ouvidoria está atuando, acompanhando os desdobramentos e cobrando providências.

exclamção leia também