27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Destemido! - 14/03/2024, 07:37 - Vinicius Viana

Allan dos Santos desafia Xandão ao criar perfil no OnlyFans; entenda

Blogueiro é investigado por suposta participação em milícias digitais contra a democracia

Allan dos Santos é apoiador do ex-presidente Bolsonaro
Allan dos Santos é apoiador do ex-presidente Bolsonaro |  Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil

Após ter as contas no X, Instagram e YouTube bloqueadas por Alexandre de Morais, o blogueiro Allan dos Santos, apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro, causou polêmica ao desafiar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) ao criar um perfil no OnlyFans, plataforma de conteúdo +18.

O anúncio da conta no OnlyFans foi feito por Allan dos Santos por meio de uma nova conta no X: "Criei um OnlyFans; vejamos se Alexandre de Moraes vai deixar a empresa OnlyFans no Brasil", disparou.

Tempos depois, a nova conta no X foi "retida" por decisão legal. A assinatura mensal do perfil do blogueiro no OnlyFans custa US$ 5, o equivalente a cerca de R$ 25.

Entenda a decisão de Xandão contra Allan dos Santos

Essa ação ocorre no contexto de uma investigação sobre milícias digitais que supostamente atacam as instituições e a democracia no país, na qual Allan dos Santos é um dos principais alvos. Além disso, ele também está sob investigação no inquérito das fake news.

Desde 2021, Allan dos Santos está foragido da Justiça, após decisão de Moraes que determinou sua prisão preventiva no âmbito do inquérito das fake news. Ele também foi condenado em 2022 a um ano e sete meses de detenção por calúnia.

Embora haja um pedido de extradição por parte do Brasil, os Estados Unidos se recusaram a extraditar Allan dos Santos, alegando que os crimes pelos quais ele é acusado são considerados "crimes de opinião", protegidos pelo direito à liberdade de expressão.

Essa decisão foi tomada após uma reunião entre autoridades americanas e o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação é da Folha de S.Paulo.

exclamção leia também