26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Após PEC avançar - 23/11/2023, 17:21 - Cássio Moreira

"A gente precisa alternar", brada Ivana Bastos sobre reeleição na Alba

Deputada habla ao Portal MASSA! sobre cenário na Casa

Ivana Bastos defende alternância de poder
Ivana Bastos defende alternância de poder |  Foto: Divulgação/Alba

Cotada para a sucessão no comando da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), a deputada estadual Ivana Bastos (PSD) defendeu, nesta quinta-feira (23), a alternância de poder no controle da Casa. A defesa foi feita em entrevista exclusiva para o Portal MASSA!.

Leia mais

Deputados atualizam voto do passado em PEC da Reeleição na Alba

Ivana foi uma das parlamentares que ficou de fora da listinha da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a reeleição na presidência da Alba, hoje nas mãos de Adolfo Menezes (PSD), de autoria do deputado estadual Nelson Leal (PP), protocolada na quarta (22). Vale lembrar que a renovação ilimitada de mandatos era permitida até 2017, quando o próprio Adolfo apresentou uma PEC para barrar.

"Por isso que não assinei a PEC. Quando teve a PEC lá atrás proibindo a reeleição, eu assinei. Nós temos 27 Assembleias Legislativas, 24 pode ter a reeleição, mas hoje reeleição no mesmo mandato não passa. Tem uma determinação do Supremo que você não pode fazer a reeleição no mesmo mandato. Então, hoje é um documento que não tem valor", disparou Ivana, que reforçou a ideia de alternância de poder.

"Eu acho que a gente precisa alternar. Você perpetuar o poder, tanto na Assembleia como na Câmara, eu acho muito ruim isso. Acho que nós temos 63 deputados excelentes que podem assumir a Casa e precisam ter oportunidade. Apoio muito a alternância de poder" explicou.

Ivana, entretanto, pontuou que, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) aprove a reeleição dos mandatos na mesma legislatura, ela poderá votar em uma eventual reeleição de Adolfo, em 2025. Detentora de 118.417 votos em 2022, sendo a deputada estadual mais votada na Bahia, Ivana chegou a colocar seu nome para a eleição deste ano, mas acabou recuando para apoiar o nono mandato do colega de partido.

Recentemente, ao ser perguntado sobre a novela, o senador Otto Alencar, que preside o PSD no estado, reafirmou que a legenda segue colada com Ivana para a sucessão na Alba.

"Se o Supremo, se Brasília aprovar e sendo legal Adolfo ir para a reeleição, nada impede que eu vote nele. Ele é do meu partido, ele é um companheiro, um excelente parlamentar, excelente presidente. A prova está aí, ele teve quase 50 assinaturas para essa PEC, é um prestígio dele. Independente de ser ou não ser vontade dele ser presidente, a Casa mostrou que está ao lado dele", garantiu Ivana.

O Portal MASSA! também tentou contato com outros parlamentares e ex-parlamentares, que preferiram não comentar o assunto.

exclamção leia também