29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Mundo

MISERICÓRDIA - 02/04/2024, 18:09 - Da Redação- Atualizado em 02/04/2024, 18:25

Vídeo: ataque 'kamizake' deixa trabalhadores com feridas expostas

Ataques com drones ou sabotagens em locais como fábricas são costumeiros na região

Ao menos 13 pessoas ficaram feridas após o ataque
Ao menos 13 pessoas ficaram feridas após o ataque |  Foto: Reprodução/Vídeo

Sem piloto, mas com intenção definida, um avião modificado atacou uma fábrica e deixou ao menos 13 feridos na região russa do Tartaristão. A ideia de Kiev era atacar uma unidade de produção dos drones de tecnologia iraniana Shahed, utilizados em massa durante ações em solo ucraniano.

Conforme relatado pelas autoridades locais, as aeronaves não tripuladas atingiram um dormitório de estudantes da Universidade Politécnica de Yelabuga, zona econômica considerada especial dentro do Tartaristã, de acordo com o portal Metrópoles.

"Esta manhã, empresas da república em Yelabuga e Nizhnekamsk foram atacadas por veículos aéreos não tripulados. Não há danos graves, o processo tecnológico das empresas não é perturbado. Em Yelabuga, infelizmente, há vítimas em consequência da destruição das instalações. Eles recebem toda a ajuda necessária", detalhou o governador da região, Rustam Minnikhanov, nas redes sociais.

Leia mais

Rússia pega no pulo suspeitos de ataque em Moscou

Bombardeio em cidade ucraniana de Kharkiv deixa ao menos 13 feridos

Confira:

Todas as vítimas foram identificadas como estudantes universitários. De modo geral, a Ucrânia realiza, de forma regular, ataques com drones ou sabotagens contra fábricas, ferrovias ou refinarias em território russo.

exclamção leia também