30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Mundo

Covardia - 05/01/2023, 15:33 - Da Redação

PM do Rio confunde pedaço de madeira com fuzil e mata catador

Vítima foi morta durante operação no bairro Cidade de Deus

Conhecido pelo apelido de Lord, vítima tinha 50 anos e deficiência mental
Conhecido pelo apelido de Lord, vítima tinha 50 anos e deficiência mental |  Foto: Reprodução | Cdd Acontece

Durante uma operação no bairro Cidade de Deus, a Polícia Militar do Rio de Janeiro matou um catador de recicláveis após, segundo informações de moradores, ter confundido um pedaço de madeira que ele segurava com um fuzil. O caso aconteceu nesta quinta-feira, 5.

Conhecido pelo apelido de Lord, o catador tinha 50 anos e deficiência mental. Ele foi morto no quintal de casa, onde morava sozinho, na localidade conhecida como Pantanal, durante a manhã.

Ao Metrópoles, a PM do Rio informou que instaurou um procedimento para averiguar as circunstâncias da morte. Ainda explicou que a operação na comunidade tinha como objetivo prender suspeitos de atuarem no crime organizado daquela localidade e praticarem diversos roubos na região, além de apreender armas de fogo e recuperar veículos roubados.

“De acordo com policiais do 18º BPM, uma equipe da unidade se deslocava pela localidade do Pantanal, uma área historicamente conflagrada, quando se deparou com um homem conduzindo o que aparentava ser um fuzil, pendurado em uma bandoleira. Os policiais efetuaram disparos e o atingiram. O ferido não resistiu. A área foi isolada e a Delegacia de Homicídios da Capital foi acionada para a perícia”, informou a PM em trecho de nota enviada para a reportagem.

A PM ainda apontou que os policiais envolvidos na ocorrência serão identificados e as armas apresentadas à perícia.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada e a ocorrência está em andamento. O caso é investigado pela Polícia Civil.

exclamção leia também