28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Mundo

Absurdo sem tamanho! - 12/12/2023, 21:23 - Larissa Falcão

"Bati um pouco", diz pai que espancou filha até a morte no RJ

O crime aconteceu na última segunda-feira (12), no bairro de São Gonçalo, em Niterói, Região Metropolitana do Rio

O advogado de Ilias relatou que o homem "não soube controlar a raiva"
O advogado de Ilias relatou que o homem "não soube controlar a raiva" |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um homem natural de Berlin, na África, identificado como Ilias Olachegoun Adeniyi Adjafo, de 30 anos, foi preso nesta terça-feira (12) no Rio de Janeiro, após espancar a própria filha, Aoulath Alyssahda, de 8 anos, até a morte. O crime aconteceu na última segunda-feira (11), no bairro de São Gonçalo, em Niterói, Região Metropolitana do Rio.

De acordo com informações, Ilias teria sido comunicado pela professora de Aoulath, que a criança teria levado um objeto de uma colega de classe para casa. Como forma de punição, o homem espancou a filha, provocando graves lesões. Investigações da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), confirmaram que as inúmeras lesões presentes no corpo da vítima, não foram provocadas somente na noite do crime.

Um médico da Samu, relatou que o homem teria dito "bati um pouco", após ser questionado sobre as lesões no corpo da filha. O advogado de Ilias relatou que o homem "não soube controlar a raiva", mas que estaria arrependido e em estado de choque.

Segundo o delegado da DHNSG, Willians Batista, a suspeita é de que uma lesão na coluna cervical tenha causado a morte. No local do crime, foi encontrado um cinto em cima da cama, que foi usado nas agressões. Ilias Olachegoun deixou a delegacia na tarde desta terça (12), e será encaminhado a uma unidade prisional.

exclamção leia também