29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Massa

PARA O ENEM - 19/10/2022, 18:08 - Tabitha Gomes

15 livros para ler antes do Enem

Livro O Processo, de Franz Kafka, é um dos indicados pelos professores
Livro O Processo, de Franz Kafka, é um dos indicados pelos professores |  Foto: Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

15 livros para ler antes do Enem

Uma boa Escrita é sempre acompanhada por uma boa leitura. Por isso o MEC lança cartilha que traz a matriz de referência da prova, detalhando as cinco competências avaliadas e explicando também todo o processo de correção.

Chamado “A Redação do Enem 2022 – Cartilha do Participante”, que o Inep divulgou nesta semana. Na seção “Leia mais, seja mais”, a cartilha mostra alguns benefícios da leitura:

1 - Amplia o vocabulário, possibilitando que nossa expressão na linguagem formal, exigida em exames como o Enem, seja cada vez melhor, ajudando-nos a fazer bom uso de sinônimos e articuladores argumentativos.

2- Diversifica nosso repertório sociocultural, contribuindo para a seleção de ideias, fatos e informações que podem ser utilizados na construção de argumentos sobre os mais variados temas. Permite-nos enxergar outras possibilidades de construção da argumentação, proporcionando bons exemplos de como defender um ponto de vista demonstrando, por exemplo, como antecipar e rebater contra-argumentos.

3- Expande nossa visão de mundo, auxiliando-nos a compreender a complexidade das relações humanas e a nos colocar no lugar do outro. Isso facilita, por exemplo, a elaboração de propostas de intervenção concretas e bem articuladas ao tema proposto.

De acordo com o professor Marcelo Muller, professor de literatura da Escola SEB Dom Bosco, parceira da Plataforma AZ, o Enem não exigiu, nos últimos dois anos, temas que contam com história da literatura, porém, vale muito apena o aluno se inteirar nessas temáticas. Segundo ele, o importante mesmo é entender conceitos como objetivo e subjetividade; eu lírico e poeta; conotação e denotação; figuras de linguagens; e entender a expressão poética como tentativa de reler o mundo.

“Para escrever bem, é preciso ler muito”. O conhecido conselho agora está documentado no guia oficial do Enem, chamado “A Redação do Enem 2022 – Cartilha do Participante”, que o Inep divulgou nesta semana (acesse aqui). Por isso, O GLOBO separou 15 sugestões de leitura para aproveitar o tempo de descanso aprendendo. Qualquer tipo de leitura é bacana. Mas indicaria também olhar bastante memes, cartoons, sempre tentando entender o público alvo e a intencionalidade daquilo — Declara Muller.

Todas as sugestões abaixo foram feitas pelos professores Marco Antonio Xavier, professor de literatura do curso Anglo e do colégio Leonardo da Vinci; Camilla da Silva Mendes, Professora de Linguagens do Colégio Centro de Estudos, de Campos dos Goytacazes; Oswaldo Martins, professor de Português/Redação do CEAT; Lorís Murr, professora de Literatura–Colégio Presbiteriano Mackenzie; e Igor Vieira, gestor da área de ciências humanas do colégio pH.

O Jornal O GLOBO separou 15 sugestões de leitura para os estudantes se prepararem para prova.

1 Quarto de despejo: diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus

2 O Perigo de uma história única, de Chimamanda Ngozi Adichie

3 1984, de George Orwell

4 A civilização do espetáculo, de Mario Vargas Llosa

5 Sociedade do Cansaço, de Byung-Chul Han

6 O Processo, de Franz Kafka

7 Escravidão, de Laurentino Gomes

Pequeno Manual Antirracista, de Djamila Ribeiro

8 Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis

9 A Polícia da Memória, de Yoko Ogawa

10 O Cortiço, de Aluísio Azevedo

11 No seu pescoço, de Chimamanda Ngozi Adichie

12 O Ateneu, de Raul Pompeia

13 Torto Arado, de Itamar Vieira Junior

14 Ideias para o fim do mundo, de Ailton Krenak

15 Pequeno Manual Antirracista, de Djamila Ribeiro

exclamção leia também