31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Agora é clássico! - 17/03/2024, 18:26 - Santiago Oliveira- Atualizado em 18/03/2024, 16:08

Vitória goleia o Barça no Barradão e se garante na final do Baianão

Resultado concretiza o clássico Ba-Vi na decisão depois de seis anos

Osvaldo marcou o gol que abriu a goleada rubro-negra
Osvaldo marcou o gol que abriu a goleada rubro-negra |  Foto: Uendel Galter/ Ag A Tarde

Vai ter Ba-Vi na final do Campeonato Baiano. Confirmando a vantagem construída fora de casa, o Vitória fez valer o mando de campo e aplicou 4 a 1 em cima do Barcelona de Ilhéus, na tarde deste domingo (17), no Barradão. Jadson Sergipano abriu o placar para o Barça. Em contrapartida, Osvaldo, Camutanga, Alerrandro e Mateus Gonçalves construíram a goleada rubro-negra.

O resultado concretiza o clássico Ba-Vi na final do Baianão. Em 2018, as duas maiores potências do estado protagonizavam a decisão do estadual pela última vez.

Irreconhecível na primeira etapa, o Vitória preocupou o torcedor que foi ao Manoel Barradas e viu os visitantes jogando de igual para igual, ainda saindo na frente. Na segunda etapa, o Leão colocou as garras para fora e devorou a Onça.

O próximo compromisso do Vitória é o clássico Ba-Vi, pela fase de grupos da Copa do Nordeste, às 21h30 de quarta-feira (20), na Arena Fonte Nova.

Banho de água fria

A primeira parte da decisão foi equilibrada, apesar de jogar nos domínios do Vitória, a Onça também colocou as garras de fora, mesmo que sem muita efetividade. O Leão, por sua vez, buscava se impor embalado por sua torcida, mas esbarrou na pouca inspiração.

As duas equipes não tiveram chances claras de gol. A mais perigosa, inclusive, foi nos primeiros 10 minutos de jogo, por parte do time mandante, mas foi interceptada pelo goleiro Thiago Passos.

Imagem ilustrativa da imagem Vitória goleia o Barça no Barradão e se garante na final do Baianão
Foto: Uendel Galter/ Ag A Tarde

Sem um domínio claro, apesar de maior posse de bola do Vitória, teve suas faltas. Uma delas gerou bastante expectativa, mas Zeca mandou para fora, de peito de pé, pelo lado direito da meta do Barça.

Em uma de suas subidas sem efetividade, a Onça teve um escanteio a seu favor, que gerou o gol. Saindo na frente com a especialidade do adversário, Jadson Sergipano aproveitou a boa cobrança e marcou de cabeça aos 33 minutos, superando Lucas Arcanjo.

Depois do balde de água fria, o Leão passou a dominar a partida, principalmente nos 10 minutos finais. No entanto, o resultado se manteve o mesmo. Vitória 0x1 Barcelona de Ilhéus.

Toca de um felino só

Com o objetivo de mudar o placar, que não estava favorável, o Vitória voltou para a última parte da partida mais agressivo.

O domínio rubro-negro não demorou de mostrar resultados efetivos, após tentar furar a defesa da Onça durante 15 minutos, enfim aconteceu. Após pênalti marcado em cima de Rodrigo Andrade, que foi parado ao arrancar dentro da grande área, o atacante empatou a partida.

A partir daí, o volume dos donos da casa só aumentaram e o número no placar também. Em escanteio mal batido por Matheusinho, Osvaldo recuperou a bola do outro lado do campo e cruzou para Camutanga virar a partida para o Leão, aos 18 minutos.

Com a vantagem, o técnico Léo Condé propôs mudanças na equipe. Zé Hugo entrou no lugar de Osvaldo e Mateus Gonçalves substituiu Iury Castilho.

Imagem ilustrativa da imagem Vitória goleia o Barça no Barradão e se garante na final do Baianão
Foto: Uendel Galter/ Ag A Tarde

Com a velocidade dos dois lados do campo, a equipe mandante só fez melhorar. E o terceiro saiu em menos de 10 minutos da virada. Aos 27 minutos, PK sobe livre na lateral-esquerda e cruza para Alerrandro empurrar para o fundo das redes, após rebote de sua própria cabeçada.

Em ritmo alucinante, Zé Hugo dobrando no lado direito com o lateral Zeca, só faltou fazer chover. Com três participações perigosas em menos de 3 minutos. A mais perigosa delas foi uma sapatada à queima-roupa, aos 32 minutos, defendida por Thiago Passos.

Para coroar a partida dentro de casa, o Vitória ainda ampliou o placar no final do jogo, exatamente aos 90 minutos, novamente da esquerda, de PK, para Mateus Gonçalves, que invadia o meio da área em velocidade para colocar Vitória 4 x 1 Barcelona de Ilhéus.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Barcelona de Ilhéus

Campeonato Baiano - semifinal (jogo de volta)

Local: Barradão, em Salvador

Data e horário: Domingo (17), às 16h

Árbitro: Diego Pombo Lopez

Assistentes: Luanderson Lima dos Santos e Daniella Coutinho Pinto

Cartão amarelo: Vitória - Rodrigo Andrade, Wagner Leonardo; Barcelona - Bruno Ritter, Caio Felipe, Jadson Sergipano, Cesinha

Escalação do Vitória: Lucas Arcanjo, Zeca, Camutanga, Wagner Leonardo, Patric Calmon, Willian Oliveira, Rodrigo Andrade (Caio Vinicius), Matheusinho (Luan), Osvaldo (Zé Hugo), Iury Castilho (Mateus Gonçalves) e Alerrandro (Caio Dantas). Técnico: Léo Condé.

Escalação do Barcelona de Ilhéus: Thiago Passos, Hugo Moura, Weslley, Jadson Sergipano (Zé Felipe), Reginaldo (Hadrian), Bruno Ritter, Ramires, Caio (Thoni Brandão), Natan (João Henrique Silva) e Cesinha (Ninho Xavier). Técnico: Betinho.

exclamção leia também