26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Covardes - 14/03/2024, 17:09 - Da Redação

Vini Jr cobra punição ao Atlético de Madrid após novo ataque racista

Torcedores do clube espanhol modificaram letra de música para ofender brasileiro

Camisa 7 do Real Madrid está na bronca com injúrias
Camisa 7 do Real Madrid está na bronca com injúrias |  Foto: Jose Jordan / AFP | Reprodução / Redes Sociais

Mesmo sem estar presente no confronto entre Atlético de Madrid e Inter de Milão, pela Champions League, na última quarta-feira (13), o atacante brasileiro Vinícius Junior foi alvo de ataque racista da torcida Colchonera.

Segundo o jornal "As", um grupo de torcedores do Atleti puxou o canto contra Vini Jr. Em vez de exaltarem o clube com a tradicional música "Alé, alé, alé, Atleti te amo, contigo até o final", eles resolveram mudar a letra para ofender o atleta: "Alé, alé, alé, Vinicius chimpanzé", gritaram.

Assim como faz no gramado, o camisa 7 do Real Madrid foi pra cima e cobrou punição por parte da UEFA ao clube espanhol. "Espero que vocês já tenham pensado na punição deles @ChampionsLeague @UEFA. É uma triste realidade que passa até nos jogos que eu não estou presente!", disparou Vini, por meio de rede social.

LaLiga também se manifestou e disse que vai denunciar ao Ministério Público da Espanha os cantos racistas dos torcedores do Atlético. "LaLiga denunciará perante a Procuradoria de Combate ao Ódio os lamentáveis cânticos racistas contra Vinicius Jr. antes do jogo de ontem da Uefa Champions League entre o Atlético de Madrid e a Inter de Milão, mesmo que o jogo seja em outra competição e mesmo que os cânticos tenham ocorrido fora do estádio. LaLiga está muito empenhada em fazer do futebol um espaço livre de ódio e continuará combatendo implacavelmente qualquer atitude de racismo, homofobia, violência, ódio... seja qual for a competição", relatou a entidade em comunicado.

Veja também:

Invencíveis da Barra! Leão completa um mês invicto

Essa não foi a primeira vez que Vinicius Junior foi alvo de racismo no ambiente do Metropolitano, estádio do Atlético de Madrid. Em setembro de 2022, o brasileiro foi chamado de macaco durante o clássico madrilenho no estádio. Na atual temporada, também houve um episódio de preconceito contra o atacante.

Um dos casos mais chocantes, que repercutiu no mundo todo, foi em 2023. Torcedores do Atlético penduraram um boneco em um viaduto, simulando um enforcamento de Vinicius Junior, antes de clássico contra o Real. Responsáveis foram punidos pelo Atleti e receberam multa de 60 mil euros.

exclamção leia também