31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Tá voando! - 27/08/2023, 16:22 - AFP

Verstappen vence GP da Holanda e atinge marca histórica na F-1

Holandês tem nove vitórias consecutivas na competição desta temporada

Piloto está cada vez mais perto do título mundial deste ano
Piloto está cada vez mais perto do título mundial deste ano |  Foto: AFP

O holandês Max Verstappen (Red Bull) conseguiu neste domingo (27), sua nona vitória consecutiva ao dominar o Grande Prêmio da Holanda de Fórmula 1, chegando à frente do espanhol Fernando Alonso (Aston Martin) e do francês Pierre Gasly (Alpine). Ele igualou o recorde de número de vitórias seguidas estabelecido pelo alemão Sebastian Vettel em 2013, quando corria também pela Red Bull.

O atual bicampeão mundial aumenta ainda mais sua vantagem na liderança o campeonato de pilotos sobre seu companheiro de equipe, o mexicano Sergio Pérez, quarto colocado neste domingo. "As coisas não foram fáceis hoje com o tempo. Tivemos uma boa estratégia com nossas paradas", disse Verstappen após a corrida.

"A pressão é sempre constante para ter sucesso e queremos sempre vencer", acrescentou o holandês, que no próximo domingo, no GP da Itália, em Monza, terá a chance de superar o recorde de Vettel.

A largada aconteceu em pista seca, mas a chuva começou pouco depois e os pilotos tiveram que escolher entre seguir ou entrar nos boxes para trocar os pneus. O primeiro a optar pela mudança foi Pérez, que assumiu a liderança da prova à frente do chinês Zhou Guanyu (Alfa Romeo).

A chuva parou rapidamente, o que se tornou um problema para os pilotos com pneus para pista molhada e os obrigou a fazer uma nova troca. Nesta segunda parada, Verstappen assumiu a ponta na 12ª volta, à frente de Pérez e Alonso.

O clima continuava instável, com a chuva caindo em algumas partes do circuito. O americano Logan Sargeant (Williams) perdeu o controle do carro e bateu forte na 15ª volta, o que obrigou a entrada do Safety Car.

Após a retomada da corrida, Verstappen aumentou a distância sobre seus perseguidores, mas a chuva reapareceu na 60ª volta.

Mesmo obrigado a trocar os pneus mais uma vez, o holandês manteve a liderança, mas um acidente de Zhou Guanyu provocou a bandeira vermelha, que interrompeu a prova até que a pista ficasse seca.

Depois de meia hora de paralisação, a corrida foi retomada com largada atrás do Safety Car. Nas cinco voltas finais, Alonso pressionou Verstappen pela vitória, mas o ritmo do holandês era mais forte.

Pérez, que cruzou a linha de chegada em terceiro, foi punido com a perda de 5 segundos e acabou perdendo seu lugar no pódio para o francês Pierre Gasly.

exclamção leia também