29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Que situação! - 03/12/2023, 20:45 - Wiliam Falcão*- Atualizado em 03/12/2023, 23:33

Tricolor perde pro Coelho e fica a um passo da Série B do Brasileirão

Bahia tem fraca atuação, é derrotado pelo lanterna, em Minas Gerais, e está perto de cair de divisão

Time mineiro não vencia há 15 jogos na competição
Time mineiro não vencia há 15 jogos na competição |  Foto: Mourão Panda / América

Mesmo enfrentando um adversário já rebaixado, lanterna da competição e que não vencia há 15 jogos, o Bahia perdeu para o América-MG por 3 a 2, na noite deste domingo (3), no estádio Independência, e se complicou de uma vez por todas na Série A do Campeonato Brasileiro. Everaldo abriu o placar para o Esquadrão, mas Ricardo Silva e Renato Marques (2x) anotaram a virada do Coelho, e Ademir ainda descontou para os visitantes.

Agora, para não ser rebaixado à segunda divisão nacional, o time de Rogério Ceni vai entrar na última rodada do Brasileirão precisando vencer (ou até empatar) o Atlético-MG, na Arena Fonte Nova, quarta-feira (6). Além disso, terá que torcer pelo tropeço de Vasco ou Santos.

Precisando do triunfo para sair da degola, o Tricolor começou o duelo tentando forçar o erro do adversário e esboçou uma marcação pressão nos primeiros minutos. Não demorou muito e o Esquadrão levou perigo ao gol da equipe mineira em jogada de bola parada. Biel cobrou escanteio, Kanu subiu mais que todo mundo, testou forte e o goleiro Jori fez uma linda defesa para salvar o América-MG.

Em seguida, a zaga do Coelho comeu mosca e Thaciano quase estufou as redes. O meia aproveitou o vacilo do defensor, invadiu a grande área com liberdade, soltou uma bomba e carimbou a trave adversária.

Depois de tanto insistir, o Bahia finalmente chegou ao gol. Após bola levantada na área, Biel tentou passar pelo adversário, que achou que estava jogando vôlei e meteu a mão na bola. O árbitro marcou pênalti. Everaldo cobrou com categoria e deslocou o goleiro do time da casa para abrir o placar no estádio Independência.

A partir daí, o Tricolor foi um mero espectador e ficou de camarote vendo o Coelho fazer o que queria dentro de campo. Não demorou muito e o América chegou ao empate. Após cobrança de escanteio de Martinez, o zagueiro Ricardo Silva subiu sozinho no meio de dois marcadores e empatou o confronto.

Parecia que a equipe mineira que estava fazendo o jogo mais importante da temporada, pois era quem buscava o gol a todo momento. E a situação do Esquadrão ficou ainda pior aos 38 minutos. Renato Marques recebeu passe de Lucas Kal, dominou sem marcação e chutou de fora da área para virar o duelo.

Na volta do intervalo, Rogério Ceni mexeu na equipe e colocou o Bahia pra cima. O técnico sacou o zagueiro Vitor Hugo e botou o atacante Ademir em campo. Entretanto, nem deu tempo de a mudança surtir algum efeito e o Coelho jogou um balde de água gelada no Bahia. Renato Marques aproveitou cruzamento na grande área e, mais uma vez, colocou a bola pro fundo gol.

Após o gol sofrido, o Tricolor foi pra cima para tentar diminuir o prejuízo e foi recompensado com o gol. Cauly arrancou e serviu Ademir, que entrou na área, driblou o goleiro e fez o gol para colocar o Bahia na partida novamente.

Equipe de Rogério Ceni desperdiçou inúmeras chances de marcar
Equipe de Rogério Ceni desperdiçou inúmeras chances de marcar | Foto: Mourão Panda / América

Na sequência, aos 17 minutos da etapa final, o América teve um jogador expulso, após Matheus Henrique fazer falta em Biel e levar o cartão vermelho. Com um a mais, o Esquadrão começou passou a pressionar em busca do empate e perdeu duas boas oportunidades. A primeira com Kanu, que aproveitou a sobra da defesa adversária e chutou para fora. Em seguida, foi a vez de Ademir receber passe dentro da pequena área e desperdiçar grande chance.

O tempo foi passando e o Tricolor baiano desperdiçou várias oportunidades de empatar a partida e deixar a zona de rebaixamento. Sem competência alguma do Bahia, o placar seguiu inalterado e o Coelho acabou mesmo com os três pontos da partida, afundando o Esquadrão ainda mais na zona de rebaixamento do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
América-MG 3 x 2 Bahia
Campeonato Brasileiro - 37ª rodada

Local: Arena Independência
Data: 03/12/2023Horário: 18h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Gols: Ricardo Silva, Renato (2x) (América-MG) / Everaldo, Ademir (Bahia)
Cartões amarelos: Marlon, Jory (América-MG)
Cartões vermelhos: Mateus Henrique (América-MG)

América-MG: Jori; Matheus Henrique, Ricardo Silva (Éder), Júlio e Marlon; Lucas Kal, Juninho (Daniel Borges), Rodriguinho e Martinez (Alê); Everaldo (Adyson) e Renato Marques (Ighor Gabriel). Técnico: Diogo Giacomini.

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu (David Duarte), Vitor Hugo (Ademir) e Juba; Rezende, Acevedo, Thaciano (Mingotti) e Cauly; Biel (Jacaré) e Everaldo. Técnico: Rogério Ceni.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana

exclamção leia também