26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Cerco fechando - 06/03/2024, 13:13 - Da Redação- Atualizado em 06/03/2024, 14:37

STJ pode mandar Robinho para a prisão no Brasil; entenda

Atacante ex-Seleção foi condenado por participar de um estupro coletivo

Robinho com a camisa do Santos FC
Robinho com a camisa do Santos FC |  Foto: Ivan Storti/Santos FC

Condenado em 2017 por estupro pela Justiça da Itália, Robinho segue solto e aproveitando a liberdade durante anos. No entanto, segundo a colunista Carolina Brígido, do UOL, o atacante pode ser alvo de uma ordem de prisão expedida a partir do próximo dia 20 deste mês de março, uma quarta-feira.

A data mencionada na reportagem é a mesma determinada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para decidir se a sentença contra Robinho será aprovada. O julgamento acontecerá na Corte Especial do STJ, composta pelos 15 ministros com mais tempo de tribunal. Em caso de empate, a presidente Maria Thereza de Assis Moura faz o voto decisivo.

A sentença, segundo fontes do UOL, deve ser, sim, aprovada. Isso faria com que Robinho tivesse que cumprir a pena de nove anos no Brasil e a tendência é que ocorra a maioria de votos em favor da prisão do jogador. O próprio STJ pode determinar que seja expedido o mandado de prisão, assim como um juiz de primeira instância.

Robinho foi condenado a nove anos de prisão por participar de um estupro coletivo contra uma jovem albanesa. A vítima disse que estava embriagada e inconsciente quando foi abusada sexualmente por seis homens, incluindo o ex-atacante da Seleção Brasileira, que na época defendia o AC Milan. A defesa dele alega que a relação foi consensual.

exclamção leia também