23º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Exclusivo - 23/11/2023, 13:02 - Bruno Dias E João Grassi

Presidente do conselho do CSA projeta SAF: "Caminho sem volta"

Cristiano Beltrão conversou exclusivamente com a reportagem do Portal MASSA!

Cristiano Beltrão, presidente do conselho deliberativo do CSA, presente no Confut
Cristiano Beltrão, presidente do conselho deliberativo do CSA, presente no Confut |  Foto: Bruno Dias/MASSA!

Presente no evento do Confut realizado em Salvador nesta manhã de quinta-feira (23), a reportagem do Portal MASSA! conversou exclusivamente com Cristiano Beltrão, presidente do conselho deliberativo do CSA, que comentou sobre a possibilidade do clube alagoano se tornar uma SAF. Segundo ele, a diretoria do Azulão está "imbuída no sentido de transformar o clube".

"O social, tanto a executiva quanto a presidência do conselho, está imbuído no sentido de transformar o clube em SAF. Isso não quer dizer que efetivamente vamos virar SAF, mas a gente tem que preparar o clube para isso, aprovar no conselho, e dentro dessa possibilidade de você já estar pronto, aí você vai analisar as propostas que venham o clube a receber e analisar, porque tem todo um processo, é aprovado no conselho, depois é aprovado em assembléia geral, então é um consenso grande que você tem que ter para não errar, mas eu acho que é um caminho sem volta, é o futuro, não somente do CSA, mas acho que o futuro do futebol brasileiro", pontuou o presidente do deliberativo do time alagoano.

Questionado sobre as pretensões do CSA para o futuro, Cristiano Beltrão almeja voos mais altos independente do processo de venda de uma possível SAF. Ele tem a Série A como objetivo — hoje o time alagoano disputa a Terceira Divisão — e relembrou sobre a trajetória do Azulão entre 2016 e 2019, quando conseguiu acessos consecutivos após ficar sem divisão nacional em 2015, chegando a Série A em apenas três anos.

O presidente ainda utilizou exemplos de clubes que ainda não tiveram resultados expressivos após venderem o futebol para empresas, citando inclusive o Bahia, que hoje está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro em sua primeira temporada após ser comprado pelo Grupo City.

"Sim, independente de SAF. O CSA fez esse caminho, um caminho acho que só dois clubes do mundo fizeram, que é o CSA e um time da Itália, que foi sair de estar sem divisão até a série A seguidamente. Isso veio em 2016, 2017, 2018, 2019, então assim, foi uma coisa fantástica e que a gente, por já saber esse caminho, a gente pretende conquistar novamente, independente de SAF. Obviamente, você tendo uma SAF, você tem um aporte financeiro muito maior. Então, isso não é certeza de que dentro de campo vai se obter o resultado imediatamente. Você vê a dificuldade de vários clubes, como exemplo, Vasco, Cruzeiro, o próprio Bahia, mas a gente sabe que é um caminho", projetou Beltrão.

"Não se pode imaginar que só o dinheiro resolve, senão os clubes maiores da Europa seriam sempre os mesmos campeões e isso não acontece. Mas eu acho que é esse o caminho e o seu projeto é não somente o futebol, mas toda a estrutura. A SAF, lhe dá condição de trabalhar o clube como um todo, o futebol sim, que é o carro-chefe, mas em todas as áreas, tanto no social, administrativa, então esse que eu acho que é o futuro e o que a gente está pensando com o clube é isso mesmo", completou.

exclamção leia também