31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Paris 2024 - 14/12/2023, 20:38 - Marcos Valença *Direto do Rio de janeiro

“Preparados para fazer melhor do que em Tóquio”, diz presidente do COB

Paulo Wanderley acredita no aumento no número de medalhas conquistadas

Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil
Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil |  Foto: Gabriel Baron / COB

Durante apresentação para a imprensa convidada, nesta quinta-feira (14), no Centro de Treinamento Time Brasil, instalado no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, se mostrou confiante com o desempenho dos atletas brasileiros na disputa dos jogos de Paris, que estão programados para 2024, e acredita no aumento no número de medalhas.

“O COB está preparado para fazer melhor do que em Tóquio”, destacou o mandatário da entidade esportiva. Wanderley ainda completou “Desde que entramos [em 2017] estamos conseguindo resultados melhores do que nos anteriores”.

Na última edição dos Jogos Olímpicos, ocorrida em Tóquio em 2021, referente ao ano de 2020, o Time Brasil conquistou 23 medalhas, sete de ouro, seis de prata e dez de bronze, meta que pode ser batida no próximo ano.

Para isso ocorrer, o COB investiu em uma estrutura de treinamento para os atletas. Além das piscinas de natação e de saltos ornamentais, o local tem salas de Esportes de Combate, Força e Condicionamento, Descanso e Avaliação e também abriga o Laboratório Olímpico, e o CT de Ginástica Artística, na Arena da Barra.

Uma das referências do Brasil na Ginástica Artística, Jade Barbosa destacou a importância da estrutura para os treinamentos. “Aqui a gente tem a oportunidade de trabalhar com equipamentos utilizados nas Olimpíadas. A ginástica é privilegiada, mas aqui também recebemos muitos atletas de várias categorias, pois o trabalho é pensado em 2024, 28 e 32”.

Veja também:

Brazuca 'bate pontinho' por dez horas e entra no livro dos recordes

Tricolor fecha a porta para o Palmeiras em relação a Cauly; entenda

Interventor da CBF manda recado e mantém técnicos das Seleções

Jade ainda revelou a importância desse trabalho multidisciplinar e a necessidade de expandir para os clubes de treinamentos. “O COB não se preocupa só com essa estrutura. Claro que a gente tem tudo o que você imaginar, tipo. Se lançar uma máquina nova de fisioterapia, eles fazem de tudo para adquirir o mais rápido possível. Mas vejo um entendimento com os clubes da necessidade de criar uma equipe interdisciplinar para que as atletas quando cheguem à seleção não precisem passar por um processo de adaptação”.

O Grupo A TARDE está presente no Rio de Janeiro para acompanhar o Prêmio Brasil Olímpico 2023, que acontece nesta sexta-feira (15), na Cidade das Artes.

exclamção leia também