27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Tá com tudo! - 20/03/2024, 15:46 - Da Redação

Paquetá e Galeno mostram ansiedade na Seleção pra pegar Inglaterra

Jogadores concederam entrevistas pelo Brasil, nesta quarta-feira (20)

Atletas irão brigar por espaço na Seleção de Dorival Júnior
Atletas irão brigar por espaço na Seleção de Dorival Júnior |  Foto: Rafael Ribeiro/CBF

De volta à Seleção Brasileira, o meia Lucas Paquetá foi um dos convocados por Dorival Júnior e deve somar minutos contra a Inglaterra, no primeiro desafio da equipe sob novo comando. A partida será no sábado (23), no estádio de Wembley, em Londres, local onde o brasileiro afirmou ter o sonho de jogar.

"Wembley é um dos grandes palcos do futebol que a gente tem o sonho de poder desfrutar. Eu nunca joguei lá. Espero que seja especial, que a gente possa vencer e fique marcado na minha vida", afirmou Paquetá

Aos 26 anos, o jogador mora em Londres e é um dos principais jogadores do West Ham, atual 7º colocado da Premier League, além de ser um nome conhecido na lista de convocações da Amarelinha. "Minha primeira convocação foi em 2018, de lá para cá foram seis anos e só fiquei de fora de quatro ou cinco (convocações). A responsabilidade é grande e ela só cresce a cada convocação, a cada retorno. Espero ajudar da melhor forma possível, seja dentro ou fora de campo", projetou.

A opinião do meia é compartilhada por Wenderson Galeno, de 26 anos, que foi convocado pela primeira vez e destacou a emoção de defender a Seleção Brasileira. O atacante é jogador do Porto e já soma 13 gols na atual temporada, o que chamou atenção do técnico Dorival Júnior, que também fará a sua estreia à frente do Brasil no sábado.

Galeno é um dos destaques da equipe do Porto
Galeno é um dos destaques da equipe do Porto | Foto: Rafael Ribeiro/CBF

"Pode ter certeza que essa convocação vai estar marcada na minha vida. Essa camisa vai para um quadro na minha casa. Será bem guardada para mostrar aos meus filhos, aos meus netos, que representei o meu país. Então, pode ter certeza que vai estar bem guardada", afirmou o atleta.

Com dupla cidadania, Galeno teve a opção de representar a camisa de Portugal, já que vive o futebol português desde 2016. Entretanto, o atacante afirmou ter o sonho de representar o Brasil desde criança e que a sua opinião não mudará.

"Não vou mudar minha opinião. Foi meu sonho desde criança representar meu país, meu Brasil. Antes do Dorival me ligar, já tinha essa opinião de representar o Brasil", destacou Galeno.

exclamção leia também