32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Tá na área! - 20/04/2023, 11:44 - Vinicius Rebouças

Novo Xerife afasta papo sobre Flu e diz que Bahia será "ainda maior"

Vitor Hugo diz que viu no projeto do Esquadrão algo que não há em outros clubes

Apresentação de Vitor Hugo no CT Evaristo de Macedo: "tô pronto pra jogar"
Apresentação de Vitor Hugo no CT Evaristo de Macedo: "tô pronto pra jogar" |  Foto: Reprodução / TV Bahêa

O Bahia apresentou oficialmente nesta quinta-feira (20) o experiente zagueiro Vitor Hugo que estava no Trabzonspor, da Turquia, e agora segue no Esquadrão até o fim da temporada 2026.

No arriar das malas tratou logo de dar uma alisada no ego da torcida. Como ele foi especulado no Fluminense, tratou logo de explicar a decisão de vir ao tricolor baiano em detrimento ao das Laranjeiras.

"Surgiu sim essa especulação do Fluminense e outros clubes que prefiro não citar. E apareceu o Bahia com uma ideia totalmente diferente dos clubes que vi aqui no Brasil. Um plano muito bom a médio e longo prazo, que os torcedores vão se impressionar nas próximas temporadas", afirmou.

O defensor já está regularizado e só depende do mister Renato Paiva para entrar em ação. Diz ele que tá pronto para jogo, mas primeiro "vai ter um período de adaptação". Isso porque, segundo ele, "o futebol daqui é muito diferente do de lá (da Turquia). Aqui exige muito mais a parte física, academia e corrida em campo. Lá os treinos são intensos, mas por períodos curtos. E a temperatura faz muita diferença".

Esmiuçadas as peculiaridades das praças esportivas, o xerife tratou logo de emendar: "mas eu tô pronto para jogar! Tô treinando há uns quatro dias, me enturmando com a galera. Vamos ver se o professor me coloca logo nesse próximo jogo aí".

Se a empolgação dele contagiar o portuga, então na segunda-feira (24) serão duas estreias. A dele com o manto e a do Bahia jogando na Arena Fonte Nova pela Série A do Brasileirão. O adversário será páreo duro. O Botafogo e o tal "ataque fulminante" na temporada. Pode ser a oportunidade perfeita para ele mostrar a experiencia de Champions Legue e outros torneios europeus.

Perda familiar

Vitor Hugo demorou para desembarcar na capital baiana por causa do luto pela morte da mãe, vítima de câncer. "Esse negócio que aconteceu com minha mãe foi uma tragédia que abalou toda nossa família, por mais que ela já estivesse lutando contra essa doença faz tempo", desabafou.

Foi o drama familiar que motivou o atleta a deixar o futebol turco após a conquista do título nacional. "Quando eu botei na cabeça que queira voltar ao Brasil era para ficar mais próximo dela".

Antes de encerrar a coletiva aproveitou para agradecer ao Bahia por todo suporte e paciência desprendidos neste caso. Também ao carinho dos adeptos pelas mensagens enviadas pelas redes sociais.

exclamção leia também