29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

E agora?! - 19/05/2023, 12:56 - Da Redação

MP-RJ pede aumento de pena a jogador condenado ex-Bahia

Marcinho pode sair do regime aberto por atropelar casal

Atleta atualmente defende o América-MG
Atleta atualmente defende o América-MG |  Foto: Mourão Panda / América

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) solicitou um pedido para recorrer da sentença sobre a condenação do lateral-direito Marcinho, ex-Bahia e que atualmente defende o América Mineiro. Ele foi condenado a três anos e seis meses de prisão em regime aberto por atropelar e matar um casal de idosos em dezembro de 2020. As informações são do Uol.

A solicitação do MP-RJ pede uma pena superior a quatro anos com agravante, incluindo regime semiaberto como inicial e sem possibilidade de substituição de pena privativa por restritiva. O Ministério Público apresentou um outro fator, que foi a falta de assistência do jogador às vítimas do acidente, já que uma delas passou por sofrimento após o atropelamento.

A idade das vítimas é um agravante apontado pelo MPRJ. Maria Cristina José Soares, esposa de Alexandre Silva Lima, tinha 66 anos, além do consumo de cinco tulipas de cerveja momentos antes do atropelamento no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio.

O órgão pontuou que Marcinho não prestou socorro e se apresentou à polícia apenas cinco dias depois. Alexandre morreu na hora, enquanto Maria Cristina ainda ficou uma semana internada, mas não resistiu.

exclamção leia também