30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Campeonato Intermunicipal - 29/11/2023, 18:30 - Da Redação

Massagista vai pagar R$ 25 mil por chamar bandeirinha de macaco na BA

Segundo TJD-BA, crime ocorreu no jogo entre as seleções de Conceição do Coité e Barrocas

TJD-BA enviará a denúncia para a Polícia Civil e Ministério Público
TJD-BA enviará a denúncia para a Polícia Civil e Ministério Público |  Foto: Divulgação / FBF

O Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) condenou, por unanimidade, o massagista da seleção de futebol de Conceição do Coité, Pedro de Melo, por racismo praticado contra um integrante da comissão de arbitragem durante uma partida do Campeonato Intermunicipal deste ano.

Segundo o TJD-BA, o crime ocorreu no dia 3 de setembro, no Estádio Diovando Carneiro Cunha, em Conceição do Coité, após a seleção da cidade ser eliminada pela equipe de Barrocas. Depois do apito final, o massagista teria dito palavras de cunho racista contra um bandeirinha da partida, o que foi registrado na súmula do jogo.

O procurador de Justiça Desportiva Abel Guerra Lima ofereceu denúncia contra o massagista, no mês de outubro. No julgamento, realizado na última terça-feira (28), o auditor desportivo Ricardo Maracajá aplicou a pena de multa no valor de R$ 50 mil, reduzida pela metade em razão de se tratar de equipe de futebol amador, restando a ela a obrigação de pagar o valor de R$ 25 mil. É a maior multa aplicada para condenação dessa natureza para o futebol amador pelo TJD-BA.

O massagista também foi condenado com a aplicação da pena de suspensão de dez jogos, que também foi reduzida pela metade, por se tratar de equipe de futebol amador.

O procurador recomendou ainda o encaminhamento da denúncia e da decisão para a Polícia Civil e o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA), para que seja investigada a possibilidade de responsabilização criminal do massagista. O TJD-BA decidiu por acolher a recomendação do procurador, e enviará, por meio de sua representação, a denúncia às autoridades competentes para apuração.

exclamção leia também