28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Discriminação racial - 20/12/2023, 12:48 - Redação

Jogador argentino do NBB é punido por racismo: "Negro de merd*"

Nicolás Copello foi punido Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD)

Nicolás Copello, armador do Minas
Nicolás Copello, armador do Minas |  Foto: Divulgação/Minas

Um caso de racismo causou uma punição no Novo Basquete Brasil (NBB). O argentino Nicolás Copello, do Minas, foi suspenso por 10 jogos, o maior gancho possível, e também multado em R$ 8 mil por ofensas contra Buiú, do Cerrado.

Copello foi punido Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da Liga Nacional de Basquete (LNB) por “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça”. Buiú afirma ter sido chamado de "negro de merda" pelo armador argentino.

Matheus Santos, o Buiú, em partida contra o Minas
Matheus Santos, o Buiú, em partida contra o Minas | Foto: Hedgard Moraes/MTC

Os insultos racistas teriam ocorrido na reta final da derrota do Minas para o Cerrado Basquete, pouco antes de uma cobrança de falta com lances livres. O armador brasileiro pediu que o árbitro interrompesse o jogo e depois prestou queixa na 2ª Delegacia de Polícia Civil, em Belo Horizonte.

O Minas, time de Nicolás Copello e mandante da partida contra o Cerrado, ainda foi multado em mil reais por “deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento de regulamento de competição”. Ambas as decisões ainda cabem recurso.

exclamção leia também