28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Reverteu! - 09/08/2023, 07:51 - João Grassi

Inter vive noite mágica de Libertadores e elimina o River Plate

Furacão é eliminado pelo Bolívar nos pênaltis

Luiz Adriano comemora classificação
Luiz Adriano comemora classificação |  Foto: Twitter/Internacional

O Internacional teve uma noite épica de Libertadores, nesta terça-feira (8), ao reverter uma desvantagem e eliminar o River Plate no Beira-Rio. O Colorado devolveu os 2 a 1 do jogo de ida no tempo normal, vencendo depois a disputa de pênaltis por 9 a 8.

O Inter já havia criado oportunidades no primeiro tempo, chegando na cara do gol com Alan Patrick e Valência, mas desperdiçando. Ambas as chances foram anuladas incorretamente pela arbitragem, que depois deixaria de marcar um pênalti em Bustos.

No segundo tempo, o River equilibrou a partida e passou a ser mais perigoso, mas quando o Inter já não conseguia agredir tanto, abriu o placar aos 25 minutos com Mercado, após cobrança de escanteio.

Apenas oito minutos depois, Alan Patrick cobrou falta direto e colocou o Internacional na frente do placar agregado, revertendo a vantagem construída pelo River no primeiro jogo e incendiando o Beira-Rio.

No entanto, quando tudo parecia resolvido, veio o balde de água fria. Rojas descontou já nos acréscimos ao desviar cobrança de escanteio e levou a partida para os pênaltis.

Na disputa, o Inter teve muita competência e só errou uma batida nas 10 que tentou, com De Pena. O goleiro Rochet foi o responsável pela cobrança decisiva após erro de Rojas.

Rochet bateu o último pênalti do Inter
Rochet bateu o último pênalti do Inter | Foto: Twitter/Internacional

Athletico cai para o Bolivar

O Athletico tinha uma desvantagem ainda maior para reverter na Arena da Baixada, após perder o jogo de ida para o Bolivar por 3 a 1. O Furacão conseguiu o resultado que precisava, mas foi eliminado nos pênaltis.

Canobbio é travado em jogada do Athletico
Canobbio é travado em jogada do Athletico | Foto: José Tramontin/athletico.com.br

Após marcar com Fernandinho, de pênalti, e Vitor Roque, o Furacão venceu o tempo normal pelo placar de 2 a 0 e forçou a disputa de pênaltis para definir quem avançaria às quartas de final.

Contudo, o time boliviano converteu suas cinco cobranças, enquanto os paranaenses erraram a última com Thiago Heleno, assim deixando a Copa Libertadores nas oitavas depois de chegar na final em 2022.

exclamção leia também