28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Pega ladrão - 04/09/2023, 12:56 - Da Redação

F1: Sainz vira 'piloto de fuga' e persegue ladrões após GP da Itália

Terceiro colocado na prova, espanhol da Ferrari foi assaltado em frente ao hotel que estava hospedado em Milão

Carlos Sainz no pódio do GP da Itália de F1
Carlos Sainz no pódio do GP da Itália de F1 |  Foto: Ben Stansall / AFP

Após ficar em terceiro no GP da Itália na Fórmula 1, neste domingo (3), Carlos Sainz precisou utilizar de suas habilidades como piloto para outro tipo de situação. O espanhol teve seu relógio roubado em um assalto no centro da cidade de Milão e perseguiu os ladrões.

Segundo o jornal Corriere della Sera, confirmada nesta segunda-feira pelo piloto da Ferrari, Sainz foi abordado quando em frente ao hotel em que ficou hospedado na cidade italiana para competir na F1. Três homens foram presos em flagrante na ação, eles que tentaram levar o relógio avaliado em 500 mil euros (cerca de R$ 2,6 milhões) na ação criminosa.

"Como muitos de vocês já sabem, ontem vivenciamos um infeliz incidente em Milão. O mais importante é que estamos todos bem e isso só ficará como uma episódio desagradável. Muito obrigado a todas as pessoas que nos ajudaram ontem, à polícia de Milão pela sua rápida intervenção e obrigado por todas as suas mensagens", disse o espanhol.

O ferrarista foi atrás dos bandidos no carro de seu empresário e depois ainda fez o trecho restante a pé. Pessoas presentes no local notaram a situação e tentaram auxiliar o espanhol. Após sair da rua do hotel, Sainz alcançou dois dos assaltantes a cerca de 400 metros do local onde foi roubado. O terceiro suspeito foi localizado com ajuda de outro funcionário da Ferrari e transeuntes.

Sainz teve relógio roubado em Milão
Sainz teve relógio roubado em Milão | Foto: Reprodução/Redes sociais

A polícia foi até o local do crime e prendeu três jovens entre 18 e 20 anos. Eles foram detidos em flagrante, enquanto Sainz prestou depoimento à polícia de Milão.

Não é a primeira que isso ocorre justamente com um piloto da scuderia, e novamente na Itália. O monegasco Charles Leclerc teve seu relógio de luxo roubado por bandidos em abril de 2022.

O companheiro de Sainz também tentou perseguir os assaltantes que estavam em uma scooter e um carro, mas não teve êxito em suas buscas e não conseguiu alcançá-los. Ao menos, a polícia italiana depois localizou dois relógios durante a execução de um mandado de busca na casa de um dos suspeitos do crime.

exclamção leia também