25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Vai pagar multa? - 11/11/2022, 07:50 - Everton Santos

Excesso de bagagem? Seleção viaja com 5,5 toneladas em materiais

Primeiro a delegação vai para Turim, na Itália, local em que a Seleção treinará por cinco dias, e depois para Doha, no Qatar

Tite vai comandar o Brasil pela segunda vez em uma copa
Tite vai comandar o Brasil pela segunda vez em uma copa |  Foto: Lucas Figueiredo/Agência Brasil

Antes de chegar no calor do Qatar, a seleção brasileira vai fazer uma mini pré-temporada no frio da Europa. Sendo assim, fica a dúvida do que levar na bagagem para esse período de mais ou menos 40 dias.

Essa missão ficou com o trio de funcionários da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Luis Vagner, Hamilton Correia e Fabio Silva.

Os três se dividem na elaboração e conferência de listas muitos meses antes de Tite anunciar os 26 convocados. Luis Vagner é o gerente de planejamento da CBF, Hamilton Correia, administrador, e Fabio Silva é roupeiro da Seleção. É função deles cuidar dos detalhe logísticos para a viagem.

Primeiro a delegação vai para Turim, na Itália, local em que a Seleção treinará por cinco dias, e depois para Doha, no Qatar, onde será disputada a Copa do Mundo. E para essas viagens são 5,5 toneladas e material num avião fretado.

Embarca neste sábado parte da delegação canarinho, que tem o técnico Tite, a comissão e todo o estafe, além dos três atletas que atuam no Brasil: o goleiro Weverton, o meia Everton Ribeiro e o atacante Pedro. Os demais atletas se apresentam na segunda-feira depois da rodada das suas competições no fim de semana.

Entre jogadores, funcionários e dirigentes, a delegação brasileira vai ter 74 pessoas.

Por conta de restrições e procedimentos alfandegários corriqueiros - embora mais rígidos pela cultura local - de entrada no país, a organização dos profissionais da CBF inclui catalogação de todos produtos e itens que vão nesta bagagem. São 300 volumes entre rouparia, medicamentos, insumos, equipamentos eletrônicos, de fisioterapia, de treino... Tudo visto e revisto com bastante antecedência em algumas viagens anteriores a Doha.

Kit para os jogadores

Cada atleta recebe três kits de uniforme na viagem, um para treino, outro para concentração e outro, claro, para os jogos – aí vão meias, shorts, bonés, calças, agasalho de chuva, agasalho de frio. A conta é de cerca de 700 camisas amarelas e 230 das azuis.

Veja alguns itens que a Seleção leva para o Qatar:

- aparelhos de ultrassom

- câmara hiperbárica

- aparelhos de laser para fisioterapia

- seis macas

- botas de gelo

- massageadores

- rolinhos de fisioterapia

- duas mil travas de chuteira

- alargador de chuteira

- 700 camisas amarelas

- 230 camisas azuis

- 30 bolas de jogo (parte delas entregues pela Fifa, com tecnologia de chip)

- 30 kg de farinha de mandioca

- máquina de café

- impressoras

- máquina de grafar nomes na camisa

- 92 itens de medicamentos, entre antibióticos, analgésicos e muitos outros

- 134 insumos, tais quais seringas, bandagens, esparadrapos

- fitas adesivas para marcação de campo

- pratos de marcação de campo

- estacas para marcação de campo

exclamção leia também