27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

vai se salvar? - 07/03/2024, 11:49 - Da Redação

Com risco de cair na cadeia, Ancelotti se defende: "Sou inocente"

Treinador afirma que o caso foi um mal entendido com a Justiça espanhola

Treinador afirma que não é culpado pelo caso
Treinador afirma que não é culpado pelo caso |  Foto: GABRIEL BOUYS / AFP

Apesar da comemoração por conta da classificação do Real Madrid para as quartas de final da Champions League, na quarta-feira (6), o treinador Carlo Ancelotti vai ter que voltar as atenções para 'perrengues' judiciários. Recentemente ele foi acusado de sonegar impostos pelo Ministério Público espanhol.

O assunto repercutiu em diversos veículos de notícias no dia de ontem e, após a vitória do time Merengue contra o RB Leipzig pela Liga dos Campeões, o italiano se pronunciou, dizendo que foi um mal entendido da Justiça da Espanha.

"É uma história velha com a declaração (de impostos) de 2015, quando o Ministério da Espanha pensou que eu era residente permanente e eu considero que não era residente na época. Já paguei a multa e agora é hora de falar com os advogados para achar uma solução", disse ele em entrevista ao jornal Movistar.

Leia mais:

Especulado na Seleção, Ancelotti pode cair no xilindró da Espanha

Ceni admite erro na estratégia e diz que Bahia "pode jogar mais"

Brasil derrota México e se garante na decisão da Copa Ouro feminina

O MP solicitou que o treinador gringo fosse levado para trás das grades por quatro anos e nove meses, sob a acusação de ter sonegado impostos no valor de 1 milhão de euros (R$ 5,3 milhões). Ancelotti acredita que não seja culpado e logo a situação se resolverá.

"Estou convencido que sou inocente, porque eu não era residente. Eles acham que sim, então, vamos ver qual será o resultado", afirmou ele.

O Ministério Público alega que Ancelotti não declarou os rendimentos de seus direitos de imagem em 2014 e 2015 durante sua primeira passagem pelo Real Madrid. Ele teria tentado evitar o pagamento de impostos realizando transferências 'fakes' para empresas que, segundo as investigações, possuíam atividades 'fantasmas' fora da Espanha.

exclamção leia também