26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Destaque no UFC - 08/03/2024, 21:37 - Santiago Oliveira - Atualizado em 08/03/2024, 22:02

Com a mente no cinturão, Malhadinho enfrenta Blaydes neste sábado (9)

Apesar de estar pronto para o combate, brasileiro esperava "uma luta mais expressiva"

Jailson Almeida 'Malhadinho', baiano invicto no UFC
Jailson Almeida 'Malhadinho', baiano invicto no UFC |  Foto: UFC Brasil

O lutador baiano de MMA, Jailton Almeida 'Malhadinho', de 32 anos, sobe no octógono às 22h de sábado (9), em Miami (EUA), para enfrentar o norte-americano Curtis Blaydes, pelo UFC 299, na categoria peso pesado. Apesar de estar pronto para o combate, o brasileiro esperava "uma luta mais expressiva".

“Pelo fato de eu ter lutado contra o Derrick Lewis, que é um cara que já lutou pelo cinturão interino, um cara que é muito conhecido dentro do UFC, que tem vários recordes na organização, eu achava que teria uma luta mais expressiva. Mas o UFC quis casar essa luta e a gente está pronto para tudo. Então, quem pintar na nossa frente, a gente está aqui para cumprir o trabalho”, declarou o baiano durante coletiva pré-UFC 299.

Seu último embate foi diante do estadunidense Derrick Lewis, na luta principal do UFC São Paulo, pela mesma categoria. Mesmo vencendo, Malhadinho teve que lidar com críticas de amantes da organização, e até mesmo de companheiros de profissão pela forma que ganhou.

"Isso acaba desvalorizando o esporte, o próprio atleta criticando o outro atleta da mesma modalidade. Eu não levo nada pro coração, até porquê eu não ligo para o que os outros falam, eu luto para mim, luto para meus amigos, para minha equipe. Eu sou um cara que, independente de qualquer coisa, sempre busquei terminar a luta em vias rápidas e essa é a minha primeira luta no UFC que isso acontece", destacou o atleta em entrevista exclusiva ao Portal Massa!.

Seu último embate foi diante do estadunidense Derrick Lewis
Seu último embate foi diante do estadunidense Derrick Lewis | Foto: Reprodução / Tatame

Veja também:

Malhadinho abre a guarda: último combate, cinturão e pedido ao Vitória

De acordo com o baiano, sua busca pelo cinturão exige "o melhor" neste fim de semana, apesar de ter dominado seu último adversário. "Pelo fato que eu quero chegar a disputar o cinturão, eu tenho que mostrar o melhor, sábado. Pode esperar que eu vou dar um show, vou voltar a ser o Jailton das finalizações e dos nocautes".

Busca incansável pelo cinturão

Com um cartel de 20 vitórias e apenas duas derrotas, além de ter vencido as seis lutas proporcionadas pelo Ultimate Fighting Championship (UFC) desde que foi contratado pela organização, em 2022, Malhadinho pretende pedir para lutar com Tom Aspinall, campeão interino do peso pesado.

"A gente não sabe a situação como está. Se Jon Jones vai voltar, se não vai voltar, se vai lutar este ano ainda ... Situação de Tom Aspinall é um pouco delicada, né? Ele está procurando adversário e eu acho que o UFC ainda não achou ninguém expressivo para colocar, vai depender muito dessa luta de sábado também como vai desenrolar. É um cara que quer lutar [Aspinall], ele tá pedindo para lutar. É tentar ir, fazer uma luta boa pra pedir uma luta com Aspinall".

Vale lembrar que o brasileiro ocupa atualmente a sétima colocação no ranking da categoria, enquanto Blaydes faz parte do top 5.

exclamção leia também