25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Algoz brasileiro começa bem - 23/11/2022, 17:56 - Pedro Moraes

Canadá tenta se plantar sobre a Bélgica, mas belgas são soberanos

Os Diabos Vermelhos sofrem pressão no primeiro tempo, mas marcam em uma das primeiras chegadas perigosas

Os Diabos Vermelhos sofrem pressão no primeiro tempo, mas marcam em uma das primeiras chegadas perigosas
Os Diabos Vermelhos sofrem pressão no primeiro tempo, mas marcam em uma das primeiras chegadas perigosas |  Foto: JEWEL SAMAD/AFP

No duelo que fechou os jogos do quarto dia da 22ª edição da Copa do Mundo, Bélgica x Canadá fizeram um confronto bem disputado na tarde desta quarta-feira, 23. Pelo Grupo F, as duas equipes entraram em campo, no estádio Ahmad Bin Ali, e viram com o intuito de ser a primeira a somar três pontos na chave, já que Marrocos e Croácia ficaram no empate sem gols mais cedo. O gol da partida saiu dos pés de Batshuayi.

Em função do resultado positivo, a seleção belga conquistou o primeiro lugar do grupo e ficou a dois pontos da atual vice-campeã do Mundial. Já a equipe canadense caiu para a quarta posição, com zero pontos.

Na próxima rodada, os belgas duelam com o Marrocos, neste domingo, 27, às 10h (horário de Brasília), no estádio Al Thumama. Três horas depois, o Canadá mede forças com a Croácia, no estádio Internacional Khalifa.

Volume alto, aproveitamento baixo

Algoz do Brasil no Mundial de 2018, a Bélgica viu o Canadá ser superior, caso não fosse o gol feito no encerramento da primeira etapa. De modo geral, a equipe canadense saiu de campo ovacionado pela torcida, apesar ver Davies ter perdido um pênalti que esbarrou nas mãos do goleiro do Real Madrid.

Na faixa dos 43 minutos, o camisa 23, que assumiu a titularidade após a lesão de Lukaku, finalizou forte após receber lançamento distante de Alderweireld. Ao lado do pênalti, Johnston chegou a finalizar uma outra vez, mas viu o arqueiro defender.

A etapa complementar por sua vez apresentou poucos lances perigosos. Em resumo, o que chamou mais atenção foi o número de cartões amarelos: Meunier e Onana (Bélgica) e Davies e Johnston (Canadá).

Leia Mais

'Novinha' Espanha encurrala Costa Rica e 'passa o trator'

Neymar debocha de contestação alemã: "É uma meta"

Jogador de Gana diz que é melhor do que Neymar

exclamção leia também