32º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Vai fechar o cerco - 30/03/2023, 22:59 - AFP

Campeonato Inglês será mais rigoroso com respeito aos direitos humanos

Novas regras para a aprovação de novos proprietários de clubes da liga serão mais rígidas

Faixa contra o racismo exibida nos jogos
Faixa contra o racismo exibida nos jogos |  Foto: Reprodução Premier League

O Campeonato Inglês anunciou nesta quinta-feira (30) que será mais rigoroso nos processos de aprovação de novos proprietários de clubes da liga, excluindo os que forem considerados culpados por ataques aos direitos humanos.

As novas regras, aprovadas pelos times do torneio, também preveem que aqueles que forem condenados pelo Governo Britânico serão automaticamente desclassificados.

Entre os delitos que configuram a desqualificação estão: violência, corrupção, fraude, fraude fiscal ou crimes de ódio (xenofobia, antissemitismo ou homofobia).

Algumas organizações humanitárias, como a Anistia Internacional (AI), já haviam criticado a Premier League pela falta de rigor no processo de compra do Newcastle pelo fundo saudita PIF, por ser de um país onde os ataques aos direitos fundamentais são frequentemente denunciados.

"Se os direitos humanos ou os crimes de ódio são levados em consideração é um passo na direção certa, mas não fará muita diferença até que proíbam definitivamente um indivíduo poderoso suspeito de cometer violações aos direitos humanos no exterior de assumir o controle de um clube da Premier League", denunciou Peter Frankental, chefe da AI no Reino Unido.

"Essa regra irá bloquear automaticamente os fundos soberanos da Arábia Saudita ou do Catar? Não está claro. Os clubes correm o risco de serem brinquedos da 'lavagem esportiva' de personalidades autoritárias do mundo até que a Premier League não adote boas práticas", acrescentou o dirigente.

exclamção leia também