29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Eleição tricolor - 02/12/2023, 12:36 - Santiago Oliveira e João Grassi

Beijoca enaltece democracia e indica que Bahia "respira por aparelhos"

Ídolo e ex-jogador do Esquadrão está presente no pleito do Esquadrão, na Arena Fonte Nova

Beijoca, ex-atacante e ídolo do Bahia
Beijoca, ex-atacante e ídolo do Bahia |  Foto: Santiago Oliveira/MASSA!

Ídolo do Bahia, Beijoca compareceu às eleições para presidente do clube neste sábado (2), na Arena Fonte Nova. O ex-atacante conversou com a reportagem do Portal MASSA! e comentou sobre a importância do processo eleitoral, mesmo com a "divisão" da Associação e do futebol após a implementação da SAF comprada pelo Grupo City.

Apesar de ser apoiador de Leonardo Martinez, presidente do Conselho Deliberativo e agora candidato para o executivo, Beijoca espera "não ter brigas" independente de quem vencer as eleições. Para o ex-jogador, é necessário "abraçar" ao máximo o próximo presidente, já que no fim das contas "todo mundo é Bahia".

"Importância é gigante, porque, para mim, eu tenho duas razões. Na história do Bahia, meus 69 anos de idade, é a primeira vez que eu voto para presidente. E eu vejo que o Bahia, apesar dessa divisão, digamos assim, da SAF e Bahia [associação], como é importante você votar pra presidente. É importante demais, demais, é algo que você exercer essa função, votar, escolher quem você acha que é o melhor para comandar o Bahia nesses três anos que chegam", disse.

"Eu vejo que o Bahia está no caminho certo, eu estou me sentindo muito feliz em poder participar pela primeira vez e eu espero verdadeiramente que quem ganhe, vivemos numa democracia, cada um tem um candidato, mas todo mundo é Bahia. Todo mundo é Bahia, eu acho que todos nós temos que nos abraçar, não é porque fulano ganhou, ciclano deixou de ganhar, que nós vamos fazer divisão dentro do clube. Existe a eleição, estamos aí, voltamos, quem ganhar, eu acho que aí é a hora de todos darem apoio, não pode ter briga e eu vejo que o Bahia tá no caminho certo", completou o ídolo tricolor.

Questionado sobre a situação do Bahia dentro de campo, Beijoca lamentou a briga contra o rebaixamento e disse enxergar o time como um paciente terminal que está "internado e respirando por aparelhos". No entanto, o ex-atacante ainda enxerga "uma luz" e acredita na permanência do Tricolor na Série A.

"Olha, eu falo sempre para meus filhos em casa: o Bahia está internado, está na UTI respirando através de aparelhos. Nós podemos dizer para a nação tricolor que quem é Bahia nunca vai parar, nunca vai desistir, vai ter que continuar. Existe uma luz, essa luz está longe, mas ela está acesa e se a luz está acesa você tem que brigar para chegar até essa luz, não pode deixar essa luz apagar. A situação do Bahia é delicada, é triste, é ruim, é negativa, o time dentro de campo não responde, mas quem é Bahia tem que acreditar", concluiu.

Com três passagens pelo Tricolor, 106 gols e cinco títulos baianos, Beijoca é considerado um dos melhores atacantes que atuaram pelo Bahia, marcando época na geração tricolor dos anos 70. Ele é o 11º maior artilheiro da história do clube e muito querido por torcedores.

exclamção leia também