28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Deram o nome - 09/03/2024, 22:00 - Agência Brasil

Bárbara e Carol são campeãs da etapa de Doha e se aproximam de Paris

Dupla de vôlei de praia fatura título inédito ao vencer canadenses

Dupla de vôlei de praia fatura título inédito ao vencer canadenses
Dupla de vôlei de praia fatura título inédito ao vencer canadenses |  Foto: Reprodução/Twitter/CBV

A dupla brasileira Bárbara Seixas e Carol Soberg faturam neste sábado (9) o título inédito na categoria Elite 16, a principal do circuito mundial do vôlei de praia, na etapa Doha (Catar). De quebra, as cariocas ficaram ainda mais perto de carimbar a segunda vaga olímpica do Brasil nos Jogos de Paris - a primeira foi conquistada na última quinta (7) por Duda Lisboa e Ana Patrícia.

Na disputa final valendo a medalha de ouro em Doha, Bárbara e Carol derrotaram as canadenses Melissa Humana-Paredes e Brandie Wilkerson, com um duplo 21/18. Após a conquista de hoje, a dupla brasileira saltou da quinta posição no ranking mundial (6720) para a terceira colocação, ao totalizar 10140 pontos. Outras duas parcerias brasileiras seguem com chances de ir a Paris: Tainá e Victoria (5ª no ranking) e Ágata e Rebeca (9ª).

"Estou tão feliz e orgulhosa do nosso trabalho, estamos nos preparando para evoluir e jogar o nosso melhor vôlei. Quero parabenizar a Carol, temos uma ótima energia juntas", disse Bárbara, prata na Rio 2016 ao lado de Ágatha, em depoimento ao site do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Já Carol Solberg, filha da ex-jogadora Isabel Salgado, um dos ícones do volêi brasileiro, pode debutar em Olímpíadas ais 38 aos, se carimbar a vaga na edição de Paris.

"A Bárbara é incrível, é um prazer jogar com ela. Nossa química é especial. Jogamos vôlei porque amamos", se derramou Carol ao falar da parceira, logo após a vitória contra o Canadá.

Classificação para Paris 2024

Na corrida olímpica por vaga no vôlei de praia, a dupla que soma mais medalhas no circuito mundial tem mais chances de garantir presença em Paris 2024. No entanto, cabe à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) a indicação de quais duplas irão representar o país na competição. .

Outra forma de carimbar a vaga é pelo ranking mundial. Irão à Paris 2024 as 17 duplas mais bem ranqueadas no período de 1º de janeiro deste ano a 10 de junho de 2024.

exclamção leia também