28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Coerente - 24/11/2022, 15:25 - Pedro Moraes

Bale dispensa apoio a atitude da Fifa por braçadeira ‘One Love’

O atacante do País de Gales lamenta a sanção aplicada pela Fifa

O atacante do País de Gales lamenta a sanção aplicada pela Fifa
O atacante do País de Gales lamenta a sanção aplicada pela Fifa |  Foto: Nicolas Tucat / AFP

A seleção do País de Gales caiu na bronca com a proibição do uso da braçadeira “One Love”, na estreia do time na Copa do Mundo do Qatar 2022. Em entrevista coletiva cedida nesta quinta-feira, 24, o atacante Gareth Bale. O time estreou na competição diante dos Estados Unidos, porém optou por acatar a medida para pular fora de punições.

O jogador ex-Real Madrid e sensação do Tottenham em temporadas passadas seria um dos atletas que usaria a faixa arco-íris no braço, em apoio à causa LBTQIA+, na última segunda-feira, 21.

“Não ficamos muito felizes (com a proibição), mas se eu tivesse vestido a faixa teria sido expulso aos 25 minutos do jogo. Claro que apoiamos a causa, mas estamos aqui para jogar futebol ao mesmo tempo. Não usar a faixa não significa que não o apoiamos. Somos todos a favor da conscientização”, analisa, em coletiva de imprensa.

Leia Mais

CR7 faz história e Portugal vence em duelo 'pegado' contra Gana

Em jogo 'sem sal', Uruguai e Coreia do Sul ficam no empate na Copa

O time de Gales, ainda assim, optou por colocar as cores da campanha "One Love" nas bandeirinhas de escanteio utilizadas no centro de treinamento. De modo geral, a campanha envolveu alguns meses atrás uma mensagem protestante frente às leis anti-LGBTQIA+ do Catar.

exclamção leia também