28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Vai dá bom?! - 08/12/2023, 21:30 - Wiliam Falcão*- Atualizado em 08/12/2023, 22:17

Ba-Vi na Série A! Ex-atletas analisam força do clássico pra 2024

Preto Casagrande e Rodrigo Chagas acreditam que times podem ser impulsionados na próxima temporada

Preto Casagrande e Rodrigo Chagas já passaram pelos clubes baianos e conhecem toda a pressão
Preto Casagrande e Rodrigo Chagas já passaram pelos clubes baianos e conhecem toda a pressão |  Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia e Pietro Carpi / EC Vitória

Depois de cinco temporadas de espera, a Série A do Campeonato Brasileiro terá o maior clássico do Norte-Nordeste na competição, já que o Bahia se manteve na primeira divisão após vencer o Atlético-MG na última rodada da disputa deste ano e o Vitória conquistou o título da Série B, voltando à elite nacional.

Na última vez em que tricolores e rubro-negros estiveram frente a frente na Série A, o Esquadrão levou a melhor após vencer por 4 a 1 o confronto válido pelo 1º turno, enquanto no Barradão o embate terminou empatado por 2 a 2. Na ocasião, o Bahia terminou a competição na 11ª colocação, com 48 pontos, e o Leão foi rebaixado, na 19ª posição, após somar 37 pontos.

Contabilizando apenas clássicos na primeira divisão, o Ba-Vi é marcado por grande equilíbrio. Em 30 partidas disputadas na elite, foram nove vitórias para cada lado e 12 empates. O Bahia fez 33 gols, enquanto o Rubro-Negro marcou 29.

Um dos ex-atletas que já tiveram a oportunidade de disputar o clássico vestindo as duas camisas, Preto Casagrande projeta que a dupla Ba-Vi tenha sucesso em 2024. “Claro que, teoricamente, o Bahia sai um pouco na frente pelo fato de estar com o investimento do Grupo City, que a gente sabe que não deu certo [nesta temporada], que isso não é garantia que vai ser muito melhor. A gente sabe que é muito difícil bater de frente com o eixo Rio-São Paulo, mas a gente vê clubes como Athletico-PR, Fortaleza, como grandes exemplos, que pode brigar por Sul-Americana. Acho que esse tem que ser o objetivo dos dois times”, projetou o ex-meia ao MASSA!.

Torcidas prometem grandes festas no ano que está por vir
Torcidas prometem grandes festas no ano que está por vir | Foto: Felipe Oliveira e Olga Leiria / Ag. A Tarde

Já o ex-lateral Rodrigo Chagas alertou que as equipes baianas precisam ser certeiras nas contratações para disputar no mais alto nível da competição. “A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é uma competição muito difícil, onde o nível técnico dos jogadores tem que ser acima. Então eu acho que não só o Bahia, mas também o Vitória, tem que fazer um trabalho muito forte. Tem que errar o mínimo possível nas contratações”, disse.

Com os dois maiores clubes do estado no Brasileirão, Preto espera que a Federação Bahiana de Futebol (FBF) saiba tirar proveito da situação para fortalecer o futebol também no interior. “O que a gente percebe é que vai depender muito do produto que a FBF consiga criar”, ressaltou.

Por outro lado, Rodrigo acredita que o futebol baiano só tem a ganhar com a presença do Esquadrão e do Leão no patamar mais alto do futebol brasileiro. “A representatividade do nosso estado fica maior”, analisou o ex-jogador do Vitória.

*Sob a supervisão do editor Léo Santana

exclamção leia também