30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Homenagem imediata - 24/01/2024, 09:21 - Da Redação- Atualizado em 24/01/2024, 09:59

Atacante sabe da morte do pai antes da partida e crava ao entrar

Mesmo assim o jogador pediu para jogar e demorou um minuto para abrir o placar para o Novo Hamburgo na segunda etapa

Anderson Tanque, atacante do Novo Hamburgo, comemora gol
Anderson Tanque, atacante do Novo Hamburgo, comemora gol |  Foto: Jefferson Couto / Novo Hamburgo

Antes da vitória por 2 a 1 sobre o Santa Cruz-RS, na noite da última terça-feira (23), o atacante Anderson Tanque, do Novo Hamburgo, soube da morte do pai. Mesmo assim o jogador pediu para jogar, entrou no segundo tempo, e demorou um minuto para abrir o placar para o Anilado. Antes do recomeço da partida, foi oferecido 1 minuto de silêncio em homenagem a Edson Carlos da Silva, pai do atleta.

"Infelizmente hoje recebi a notícia que perdi meu pai. Passando por um momento muito difícil. Mesmo assim optei por jogar e esse gol é para ele", disse Tanque, emocionado.

Na comemoração do gol, Tanque apontou para o céu e fez a homenagem para o pai. Logo foi abraçado pelos colegas. Também gritou em desabafo. Após a partida, os companheiros, funcionários do Novo Hamburgo e até rivais procuraram o atacante com abraços de consolo.

Veja também:

Buscando se manter no topo, Vitória encara o Barcelona no Baianão

Com 'time dos sonhos', Baêa recebe o Jacobina na Arena Fonte Nova

Mais dois reforços do Leão estão 'na fita' para entrarem em campo

Depois da partida o jogador de 26 anos viajou para Concórdia do Pará, para se juntar ao restante da família. Ele foi contrato pelo Novo Hamburgo no segundo semestre do ano passado.

Assista:

exclamção leia também