28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Derrocada - 05/12/2023, 08:07 - João Grassi- Atualizado em 05/12/2023, 10:09

Após Ceni projetar Sul-Americana, Bahia despenca em direção ao Z-4

Técnico do Bahia havia traçado nova meta para a temporada após boa sequência de resultados

Rogério Ceni e atletas tricolores na derrota contra o América-MG
Rogério Ceni e atletas tricolores na derrota contra o América-MG |  Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Pouco mais de um mês após o Bahia alcançar três vitórias consecutivas, no dia 21 de outubro, o progresso alcançado com aqueles resultados foi por água abaixo. Fora da zona de rebaixamento naquele momento, Rogério Ceni queria classificar o Tricolor para a próxima Copa Sul-Americana, mas agora pode nem ao menos livrar o time de cair para a Série B.

"Nós temos um campeonato de sete times hoje. Nós temos um campeonato e precisamos desse título. Porque esse título nos dá a Sul-Americana, nos dá um calendário para o ano todo. Esse título nos dá a possibilidade, escutem o que eu estou falando, de ser campeão internacional no próximo ano", projetou Ceni à época.

Após Ceni conseguir triunfos contra Goiás, Internacional e Fortaleza, e estabelecer a nova meta para a temporada, o Bahia disputou nove partidas e perdeu seis, tendo vencido apenas duas e empatado uma. Não conseguiu somar nem 26% dos pontos que disputou após mostrar sinais de reação no campeonato, perdendo, inclusive, pontos importantes de maneira dolorida para os torcedores.

Naquele momento, após o fim da 29ª rodada do Brasileiro, o Bahia ocupava a 13ª posição na tabela e já acumulava 34 pontos, somente sete a menos do que tem hoje, faltando apenas uma rodada para o encerramento da competição.

E conquistar uma vaga para a Sul-Americana não era nem um objetivo irreal, visto que o Bahia está cinco pontos atrás do Cruzeiro, 14º colocado e pior equipe que está na zona de classificação. Era necessário vencer apenas duas entre as seis partidas que o Tricolor perdeu das últimas nove disputadas.

FICOU DIFÍCIL

Agora, com a sequência negativa, até mesmo a permanência na Primeira Divisão parece um sonho distante, visto que o Bahia não depende mais apenas das próprias forças. O Tricolor será obrigado a torcer contra Vasco e Santos e ainda fazer o seu nada fácil dever de casa: derrotar ou pelo menos não ser derrotado para o Atlético-MG, melhor time do Brasileirão considerando apenas o segundo turno.

Caso derrote o Galo, o Bahia ainda dependeria de tropeços dos dois concorrentes próximos na tabela. Já em caso de empate, apenas uma derrota do time carioca salvaria o Esquadrão do rebaixamento. Depois de enxergar um horizonte na temporada e visualizar até uma competição internacional para 2024, o time baiano 'amarelou na hora H'.

exclamção leia também