31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

disse tudo - 09/08/2023, 17:22 - Bruno Dias

Alef Manga admite participação em esquema de apostas: "Arrependido"

Ex-jogador do Coritiba aceitou receber R$ 45 mil para tomar um cartão amarelo durante Brasileirão de 2022

Manga foi afastado do Coritiba após acusações
Manga foi afastado do Coritiba após acusações |  Foto: Gabriel Thá | Coritiba

Os crimes envolvendo esquemas de apostas geraram um alvoroço no futebol brasileiro e as investigações continuam sem parar. Nesta quarta-feira (9), o jogador ex-Coritiba, Alef Manga, prestou seu depoimento ao STJD, confessando o seu envolvimento nas fraudes.

Durante a videochamada realizada, o atacante mostrou estar arrependido e revelou detalhes sobre o esquema envolvendo a quantia de R$ 45 mil recebida por ele através dos apostadores, após ter tomado um cartão amarelo na partida contra o América-MG, durante a 25ª rodada do Brasileirão do ano passado. Manga ainda contou que seu ex-companheiro de equipe, Diego Porfírio, intermediou o processo.

"Ele (Porfírio) veio até mim no quarto, me chamou para conversar no corredor sobre voltar atrás para eu tomar o cartão amarelo. Veio conversar, eu falei que não queria fazer, não queria, não queria, mas depois acabei aceitando. Falou para mim que o rapaz ia depositar o dinheiro depois do jogo. Fomos para o jogo, aconteceu que eu tomei o cartão amarelo", contou o jogador.

"Eles começaram a insistir, depois no CT e no telefone, para que eu tomasse o amarelo contra o Corinthians, que o valor ia ser dobrado. Nesse caso eu falei que não queria fazer mais, estava muito arrependido pelo que fiz. Depois ele falou que, quanto mais ele juntasse jogadores para tomar cartão, ele ganhava mais dinheiro de comissão. Não sei o valor, eu não falei com os apostadores, não tive contato com ninguém. Foi de fato o que aconteceu", acrescentou ele.

Alef Manga, ainda durante seu relato, se mostrou aberto a devolver a quantia recebida durante o processo ilegal. "Estou aqui para deixar bem claro que estou à disposição de vocês para devolver o dinheiro", disse.

Após ter seu nome divulgado como participante do esquema de manipulação, pelas investigações do MP-GO, o atleta foi afastado das atividades do Coritiba e ficou sem atuar pelo clube desde a 14ª rodada da Série A deste ano. Entretanto, o atacante acabou sendo negociado com o Pafos, do Chipre, por empréstimo.

exclamção leia também