26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Que situação - 18/10/2022, 16:19 - Pedro Moraes- Atualizado em 20/10/2022, 09:31

Wesley Safadão disputa ‘bolada’ com Sheik; entenda

O artista entrou na Justiça para disputar uma aeronave de R$ 37 milhões

O artista teve como garantia de pagamento uma aeronave
O artista teve como garantia de pagamento uma aeronave |  Foto: Foto: Reprodução/Instagram

Um dos artistas mais consagrados da música brasileira, Wesley Safadão trava uma batalha fora dos palcos. Frente às vítimas do ‘Sheik dos Bitcoins’, ele deseja ter a posse de uma aeronave avaliada em R$ 37 milhões. O artista aponta que foi vítima do golpista e que teria recebido aeronave como garantia de um pagamento, de acordo com o g1.

A quitação da dívida seria referente a aplicação na empresa de Francisley Valdevino da Silva. Apelidado de ‘Sheik dos Bitcoins’, Francesley é apontado pela Polícia Federal como chefe de um esquema que movimentou aproximadamente R$ 4 bilhões no Brasil através de fraudes envolvendo pirâmide financeira com comercialização de criptomoedas.

Recentemente, alguns endereços vinculados ao empresário estavam no radar de uma operação da PF. A Interpol ficou envolvida e diagnosticou que o golpista atuava em mais de 11 países, além do Brasil. Barras de ouro, carros e relógios de luxo foram apreendidas nos endereços.

Por causa do golpe, as vítimas de Francisley entraram na Justiça com um processo de arresto. Os bens do suposto autor do crime foram bloqueados como garantia de pagamento, entre eles a aeronave, operada pela empresa da WS.

Defesa de Safadão

O cantor teria feito investimentos com o golpista e, como não recebeu retorno, adquiriu a aeronave como garantia. Ainda segundo a publicação, a defesa do artista apontou que ele foi “tão prejudicado quanto os demais, ele também é um credor, porém ele teve a assessoria jurídica que se antecipou e pegou o jato como garantia de receber alguma coisa”.

exclamção leia também