25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Pagodeiro! - 19/07/2023, 23:10 - Larissa Falcão - Atualizado em 20/07/2023, 00:20

Policial baiano assume ser fã de Kannário: "Eu ouço o que eu quero"

O Soldado Lins, da 14º CIPM revelou em entrevista a um Podcast baiano que não resiste às músicas do artista

O soldado não esconde que admira o trabalho do pagodeiro
O soldado não esconde que admira o trabalho do pagodeiro |  Foto: Reprodução/Instagram

Em entrevista ao 'Podtchaca', podcast voltado para o mundo policial, o soldado Lins, da 14ª Companhia Independente de Polícia Militar, fez uma revelação um tanto inusitada. O militar revelou ser fã do cantor de pagode baiano Igor Kannário, apesar de não concordar com as constantes ofensas que o artista dispara contra a Polícia Militar da Bahia.

"Assim, gosto do som, da groovada, da pegada, gosto dele como artista. O que ele faz, é o que muitos fazem, de criticar a polícia. Mas eu tô pouco me lixando para o que ele fala, entra por um ouvido e sai por outro.", revelou

Em outro momento, o militar fala sobre o receio de outros oficiais assumirem que gostam do cantor por conta das adversidades. "Tem muitos oficiais que gostam, que chegam para mim e me mandam músicas dele perguntando se já escutei, mas não postam porque não querem se expor. Eu ouço o que eu quero.", finalizou

Nos comentários muitos seguidores apoiam a atitude do oficial gostar do artista, mesmo com as adversidades com a instituição. Já outros ficam surpresos com o gosto musical do militar, em meio às polêmicas com o cantor. "Sério homem, você sendo PMBA e o Kannário com essa polêmica com a polícia, você gosta de ouvir ele.", disparou um seguidor. "Gosto musical não define caráter, família! O som dele é f*da!", retrucou o policial

Em seu perfil no Instagram, o policial não esconde que gosta e escuta as músicas do cantor, conhecido como 'príncipe do gueto'. Em um vídeo publicado pelo SD Lins, ele registra o momento em que está na academia treinando e escutando o artista. "Quando toca o Kannário na hora do meu treino, a gente para tudo e vai para o balanço nervoso", diz o policial

exclamção leia também